sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Podcast Nerd Esporte #21 - Futebol Brasileiro em 2017






Salve Salve Nerds! Está no ar o último Podcast Nerd Esporte do ano. Para fecharmos com chave de ouro, João e Arthur recebem as feras Vitor, Matheus e o nosso estreante VG, para falar sobre como foi o 2017 do futebol brasileiro. Com uma passagem voando pelos estaduais, passando pelo brasileirão dominado pelo Corinthians, Copa do Brasil, Sula Miranda, Libertadores e a injustiça com Romarinho no Mundial de Clubes. Fuja dos parentes e do tio do pavê e ouça esse podcast na sua ceia de natal.




Assine o nosso FEED e baixe os episódios anteriores

Baixe esse episódio AQUI

Assine o nosso feed no iTunes

Curta o Nerd Esporte no Facebook

Siga a gente no Twitter

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Podcast Nerd Esporte #20 - Star Wars - Os últimos Jedi





Salve Salve Nerds! Está no ar o nosso podcast anual e especial sobre os filmes de Star Wars, dessa vez com o lançamento de Star Wars - Os últimos Jedi. João e Arthur recebem o Vitor para falarem das expectativas do filme, dos detalhes e da personagem que ninguém gosta. Saiba porque os episódios 1,2 e 3 são a TV Senado Galática e muito mais desse filme que vai entrar para a história da franquia.




Assine o nosso FEED

Baixe esse episódio AQUI

Assine o nosso feed no iTunes

Curta o Nerd Esporte no Facebook

Siga a gente no Twitter

Confira a crítica do Arthur sobre o filme e sem spoilers AQUI


domingo, 3 de dezembro de 2017

Podcast Nerd Esporte #19 - Sorteio da Copa





Salve Salve Nerds! Podcast Nerd Esporte de volta ao ar, para falarmos do sorteio da Copa do Mundo da Rússia. João e Arthur recebem Vitor e Matheus para esse desafio de previsões. Confira a análise de todos os grupos e o caminho das seleções nas especulações mirabolantes de nossos comentaristas, com direito a cara ou coroa, chegando até a grande final.





Assine o nosso FEED e baixe o episódio

Assine o nosso feed no iTunes

Curta o Nerd Esporte no Facebook

Siga a gente no Twitter

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Minnesota Lynx faz dever de casa, vence o Los Angeles Sparks e é campeão da WNBA



Lynx dominou boa parte do jogo, controlou os ímpetos adversários e conseguiu virar a série que estava perdendo do Los Angeles por 2 a 1 para 3 a 2. É a quarta taça da WNBA conquistada pelo time de Minneapolis 


Foto: NBAE/Getty Images


No começo de partida, o Minnesota veio com todo o gás. Brunson marcou duas cestas seguidas e Whalen marcou de três, 7 a 0. Parker marcou duas cestas para o Sparks, mas o time não conseguiu cortar a desvantagem, 11 a 4. Brunson, chegando aos oito pontos, e Moore, com duas cestas seguidas, ampliaram o placar para 17 a 6. O Los Angeles reagiu com Ogwumike, marcando um lance livre e uma cesta e Sims nos lances livres, tirando para quatro pontos, 19 a 15. No fechamento do quarto, o Sparks marcou em sequência com Gray e Parker para terminar apenas dois pontos atrás, 21 a 19.

O segundo quarto começou com o Minnesota melhor, marcando com Augustus em sequência, 26 a 21. Moore ainda ampliou, quando restavam 7:03, mas Parker e Williams diminuiram para quatro pontos, 28 a 24. A partida perdeu ritmo e os erros das equipes apareceram mais, com o jogo ficando dois minutos sem pontos anotados. Restando 3:30, Fowles marcou para as donas da casa, com Parker novamente para o Sparks e Augustus caprichando de três para o Lynx, 33 a 26. A diferença saltou com Fowles marcando e assim pulando para 11, 39 a 28. Ogwumike, com 11 pontos no jogo, e Whalen, puxaram a reação do Los Angeles, para fechar o quarto apenas seis pontos atrás, 41 a 35.

Foto: NBAE/Getty Images


No terceiro período, o Lynx chegou dominando as ações e marcando seis pontos em sequência com Augustus, Whalen e Moore, 47 a 35. Gray e Sims marcaram de dois e em dois lances livres para voltarem a diferença para menos de dez pontos, 49 a 42. Os times se revezaram nos pontos e assim o Minnesota conseguia administrar a vantagem. Com 2:15 para jogar, Sims marcou dois lances livres e a desvantagem chegou a cair para cinco pontos, mas Fowles, de dois, e Moore, em dois lances livres, aumentaram de novo o placar, 59 a 50. No minuto final do quarto, Parker e Gray conseguiram marcar em sequência para o Sparks e o time ficou apenas quatro pontos atrás do Minnesota, 60 a 56.

E no quarto final, começo disputado. O Minnesota saiu na frente com cestas de Whalen e Fowles. O Sparks respondeu com Williams, marcando de três. As equipes se revezram nos pontos, com Gray para as visitantes,  Whalen para as donas da casa, depois Parker de três para o Los Angeles e Fowles anotando no fim da disputa, com placar 70 a 64. A partida seguiu e o Sparks não conseguia marcar pontos em sequência, sempre tendo em resposta uma cesta do Lynx. Com 4:56 para jogar, a vantagem saltou para dez pontos, com Whalen convertendo dois lances livres, 77 a 67. O jogo ficou parado de maiores chances, para no minuto final voltar a pegar fogo. Williams converteu dois lances livres para o Sparks e Sims fez de dois para deixar o time apenas seis pontos atrás, 79 a 73. Com 34 segundos para jogar, Sims marcou de dois e tirava para quatro pontos. Moore, de dois, e Fowles, em dois lances livres, trataram de frear os ímpetos do Los Angeles. Whalen ainda converteu mais dois lances e assim o jogo fechou em 85 a 76. Final de jogo e Minnesota Sparks campeão pela quarta vez da WNBA.

A cestinha da finalíssima foi Candace Parker, com 19 pontos para o Sparks, além de 15 rebotes. E a MVP das finais, que também foi a MVP da temporada regular, foi Sylvia Fowles.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...