segunda-feira, 31 de março de 2014

Futebol e Ditadura



Salve Salve nerds!




Hoje, 31 de março de 2014, completam-se 50 anos do Golpe Militar e do início do período ditatorial no Brasil, que durou de 1964 a 1985. Não poderíamos deixar esta data passar em branco, portanto trazemos uma série de posts especiais esta semana, falando da influência que a ditadura teve sobre o futebol brasileiro e mundial. Muitas coisas ainda estão escondidas, obscuras e alguns fatos aparecem distorcidos, porém tentaremos o melhor possível passar informações sobre esta época. 
A partir de amanhã esta série começará, indo até quinta-feira, tratando de dois aspectos importantíssimos do futebol brasileiro que foram diretamente afetados pelos militares e pela realidade vivida. O último episódio tratará do que aconteceu na atuação de outros governos ditatoriais em outros países.
Esperamos que vocês gostem e principalmente possamos refletir que até no esporte esta questão política atrapalhou.


Até mais!

Combo de Final de Semana




Salve Salve nerds!

Está no ar mais um... Combo de Final de Semana!!!

Cortamos a fita inaugural do combo com a Fórmula 1. Na segunda prova da temporada, mais uma vez o domínio foi da equipe Mercedes. Porém, ao invés de Nico Rosberg, quem venceu desta vez foi Lewis Hamilton, que dominou de ponta a ponta a prova. Rosberg ficou em segundo e lidera o campeonato, sendo seguido por Vettel, que terminou em terceiro. Felipe Massa não teve o melhor rendimento e terminou em sétimo. Todos os detalhes desta prova podem ser conferidos na Colúnia Esportiva, além do Podcast Brazil With Lasers, também falando desta fatídica corrida.


Seguimos no automobilismo, agora com a Fórmula Indy. Tivemos a abertura da temporada 2014, com prova em São Petersburgo. Largando em terceiro e depois caindo para quinto, Will Power conseguiu se recuperar na prova e ultrapassar seus concorrentes para vencer. No final Hélio Castroneves, então segundo, tentou ultrapassar Power, mas a ponta ficou com o australiano. Em segundo ficou Hunter-Reay, terceiro Castroneves e sexto Toni Kanaan, estreando pela Penske. Como não pudemos assistir a prova, você fica com os detalhes maiores clicando AQUI.



Vamos agora para o tênis, com o Masters 1000 de Miami. A decisão masculina foi entre Novak Djokovic e Rafael Nadal, mas o número 1 do mundo ficou como o segundo neste torneio. Nadal, talvez por jogar em quadra rápida, sentiu e encontrou um adversário especialista. O sérvio Djokovic dominou a partida e venceu por duplo 6/3, sendo que no segundo set ele se poupou e pareceu ter piedade de Nadal, que estava mal em quadra. É o segundo título de Masters 1000 de Djokovic no ano, o segundo nos Estados Unidos. Detalhes do jogo, inclusive com vídeo, AQUI.


Em Uberrrlândia, decisão da Copa das Nações de futsal. Sem Falcão, que brigou com a confederação de futsal, o Brasil havia aberto 2x0 contra os hermanos argentinos. Porém, contudo, entretanto, todavia, a Argentina empatou e fez mais, virou restando 14 segundos para o final da partida. Assim, fica a polêmica com Falcão, que inclusive teve seu nome gritado pelos torcedores no ginásio. Final 3 a 2 e Argentina com o caneco.


Agora sim, você que estava sentindo falta do comentário dos estaduais, vamos aos principais jogos comentados rapidamente, pois são muitos jogos mesmo acontecendo pelo Brasil. Em São Paulo definidos os finalistas, o Santos sofreu, levou a virada e parecia eliminado, mas correu atrás e virou o jogo contra o Penapolense, o mesmo que havia eliminado o São Paulo na quarta. Final 3 a 2 e Santos finalista.
Na outra partida semi-final, o Palmeiras recebeu o Ituano, jogou bem mas não tinha espaço, que era bem ocupado pelo Ituano. No segundo tempo, o time de Itu conseguiu aquele lance que precisava e marcou o gol salvador e da classificação. Final Ituano 1 a 0 Palmeiras.
No Rio de Janeiro também temos os finalistas. Por lá o Flamengo eliminou a Cabofriense vencendo por 3 a 1 e esperou o adversário sair do clássico Vasco e Fluminense. O Vasco surpreendeu e com gol de Edmilson se classificou para a final do carioca contra o Flamengo, algo que não acontecia havia 10 anos!
No Rio Grande do Sul, o GreNal 400 foi o primeiro da decisão do estadual. Na Arena do Grêmio o time da casa começou melhor e com Barcos abriu o placar. Mas, o Internacional tinha um herói em campo, ele, He-Man. Rafael Moura estava inspirado e com dois gols de cabeça virou o jogo para os colorados, deixando o Inter com uma mão na taça.
Ainda no Sul, o Criciúma perdeu para o Figueirense em casa e está fora da decisão após o quadrangular. A segunda vaga ficou com o Joinville, que empatou com o Metropolitano. No Paraná o primeiro finalista foi definido com o empate entre Coritiba e Maringá em 1 a 1. Na primeira partida o placar havia sido 2x1 Maringá, que tira o coxa da final após 4 decisões e títulos seguidos.
Mais relatos de outros jogos você confere no Bola Quadrada:





Os gols em vídeo estão abaixo no Gols da Zueira:


Até mais!

domingo, 30 de março de 2014

Colúnia Esportiva 37 - Revezando Vitórias



Salve Salve nerds!



Mais uma corrida da Fórmula 1, desta vez na chuvosa Malásia. Na qualificação, que atrasou quase 50 minutos para se iniciar devido a forte chuva, o domínio foi novamente da Mercedes. Quem ficou fora logo no Q1 foram Chilton, Bianchi, Ericsson, Kobayashi, Sutil e Maldonado, que continua a sina da Lotus. No Q2, a chuva diminuiu mais e alguns tentaram arriscar os pneus intermediários. Porém, não estava tão seco assim. Ficaram de fora Kvyat, Gutiérrez, Felipe Massa, que fez apenas uma volta por ter arriscado pneus intermediários antes, Pérez, Bottas (punido e largou em décimo oitavo) e Grosjean.
A terceira parte foi um show de Hamilton. O piloto da Mercedes dominou as parciais e fez o primeiro tempo tranquilo. Quem surpreendeu foi Vettel, que colocou a Red Bull a frente de Rosberg, que bobeou de novo. Quarto posto para Alonso e sua eficiência, quinto Ricciardo, sexto Raikkonen, sétimo Hulkenberg, oitavo Magnussen, nono Vergne e décimo Button.
Na largada, Hamilton largou limpo e deixou os outros comendo poeira. A primeira batida foi entre Maldonado e Bianchi, o que não mudou nada na corrida. Felipe Massa conseguiu 4 posições nas duas primeiras voltas, enquanto Bottas ganhou 6. Raikkonen ajudou, com um pneu furado e que estragou sua corrida, após batida leve com Magnussen. Ricciardo também pulou rápido, conquistando o terceiro lugar de Vettel. Quarta volta e Massa foi pra cima de Magnussen, em boa briga. Vettel deu o troco em Ricciardo e retomou a terceira posição. Os 5 primeiros até então eram: Hamilton, Rosberg, Vettel, Ricciardo e Alonso. Por sua batida, Bianchi foi punido com um stop and go de 5 segundos. Por não conseguir passar Magnussen, Massa acaba ajudando a formar um trem de carros atrás deles, com direito ao seu companheiro Bottas na sua cola. Volta 10 e Magnussen foi pros pits para reparar os problemas de sua colisão com Raikkonen e para trocar os pneus, dando boas chances de Felipe Massa ficar com o oitavo lugar. E, logo após sua saída, Kevin Magnussen foi punido em 5 segundos de parada nos boxes pela batida em Raikkonen. 
A prova do quão ruim a Lotus está foi quando Alonso saiu dos boxes atrás de Grosjean e nem teve trabalho para, com pneus frios, passar o francês sem dificuldades e seguir em frente. Com muita estrela, Fernando Alonso retornou a frente de Ricciardo na volta seguinte, 13, na saída dos boxes do australiano, porém, Ricciardo retomou o posto do espanhol. Volta 18 e lá na turma do fundão Raikkonen tentava passar o humilde Ericsson, da Caterham. Mas, o sueco não facilitou as coisas, com direito a retomada de posição em cima do finlandês. O novo gráfico do momento na transmissão é o da porcentagem utilizada do combustível nos carros. Seguiu a informação de que o sensor da porcentagem de combustível de Ricciardo não estaria funcionando, um grande problema. Sempre agressivo, Bottas foi pra cima de Kvyat, assumindo o nono lugar e ficando novamente atrás de Felipe Massa.
Na briga pelo segundo posto, na volta 22, Vettel já apareceu tirando a diferença para Rosberg. Volta 25 e Hulkenberg, o sexto, tirando diferença para Alonso, logo a sua frente. Metade de prova, volta 28, com mais uma rodada de pits. A emoção é grande, portanto a torcida se direcionou para Kobayashi, que segurou bravamente Grosjean e seu ímpeto durante duas voltas. Vettel, muito bem na prova, vinha bem próximo de Rosberg, buscando a diferença menor que um segundo. O líder Hamilton foi pros pits no meio desta briga. Vettel veio voando, inclusive com melhor volta da prova. Alonso veio chegando em Ricciardo, isto na volta 38. Os dois com pneus duros, podendo arriscar não parar mais. Em algumas partes do circuito parecia estar chovendo, mas muito fraco para preocupações maiores. Outra rodada de pits, a 15 voltas do fim. Ricciardo com a roda travada, tendo problemas e assim sendo recolhido pelos mecânicos antes da saída dos boxes. A roda dianteira esquerda não havia sido bem colocada. Com isso, Alonso herda o quarto lugar. Contrariando a possibilidade de ir sem parar até o final, Fernando Alonso parou de novo e recolocou os pneus médios.
Não é o dia de Ricciardo, o australiano viu sua asa dianteira se soltar e atrapalhar novamente sua prova. Ricciardo punido em 10 segundos de parada por voltar de ré com os mecânicos empurrando o seu carro no seu incidente com o pneu travado. Destaque da prova para a Force India de Hulkenberg, que até então, volta 46, ocupava o quarto lugar. Felipe Massa foi pra cima de Jenson Button, brigando pelo sexto lugar. Massa não conseguia encostar em Button, que manteve mais de 1 segundo para o brasileiro. Alonso, 5 segundos atrás de Hulkenberg, vinha tentando tirar uma diferença para o alemão, que fez duas paradas apenas, além de utilizar pneus duros. Os ponteiros fizeram outra parada, para colocar pneus duros, já que é obrigatório o uso dos dois tipos de compostos. Depois de tantas punições e 6 pits depois, Ricciardo abandona a prova.
Alonso encostou, teve trabalho mas passou Hulkenberg restando 3 voltas para o fim da corrida. O drama de Massa se seguiu, com a Williams mandando um "Bottas is faster than you" e o brasileiro realmente estava bem mais lento. Vence Lewis Hamilton! Tranquilo, brincando. Rosberg segundo, pra dobradinha da Mercedes. Vettel terceiro, he is back! Alonso quarto, Hulkenberg em bela prova quinto. Button sexto, Felipe Massa sétimo com direito a corte de câmera na reta final, oitavo Bottas, nono Magnussen e décimo Kvyat. 
Ficamos por aqui, nos vemos semana que vem no Bahrein e não será de madrugada, graças a Deus!







Até mais!

sábado, 29 de março de 2014

Gols da Semana



Salve Salve nerds!



Estamos de volta, com o tradicional post do seu sábado. Trazemos a seleção dos 10 gols mais bonitos da semana, selecionados pelos gajos da TV Golo. Temos astros marcando golaços, brasileiro conhecido e outro desconhecido dando show e muito mais. Confira:


Você que ainda não conferiu os principais gols dos estaduais no meio da semana, pode conferir abaixo nos Gols da Zueira:



Se tudo der certo, semana que vem teremos posts especiais no Nerd Esporte. Aguarde e confie!

Até mais!

quinta-feira, 27 de março de 2014

Nerd Esporte Informa Deluxe



Salve Salve nerds!

Estamos com mais mudanças técnicas aqui, com o estagiário trabalhando pra caramba, inclusive fazendo horas extras não remuneradas para tudo ficar nos conformes. Na verdade é a falta de tempo mesmo, pois a correria está intrínseca aos blogueiros. Avisamos que provavelmente em muito breve os posts voltam ao normal, inclusive este final de semana, já que teremos mais uma prova da amada Fórmula 1 com comentários aqui no domingão.
Para não dizer que nós somos maldosos e que você não tirará nada de bom deste post além de meros avisos, temos um top 10 de filmes esportivos, feito pelo Jovem Nerd. Temos inclusive produções citadas aqui no próprio Nerd Esporte, além de outras que prometemos citar em breve depois deste tapa na cara que foi o vídeo, nos mostrando mais filmes esportivos legais. Confira no replay:


Até mais!

terça-feira, 25 de março de 2014

Livros Esportivos



Salve Salve nerds!

Neste grande dia, falaremos de alguns livros esportivos. Isso mesmo, já falamos de filmes, vídeos e tantas coisas mas esquecemos da boa e velha leitura. Como o tempo está bem curto e são muitos livros interessantes para se falar, tentaremos ao menos a cada semana trazer mais dicas de leitura.

Começamos com um livro bem conhecido, aliás, o filme ficou mais conhecido. Já falamos aqui de Rush, o filme sobre Niki Lauda e James Hunt. Pois é, o jornalista Tom Rubython resolveu pesquisar e contar de outra maneira como era protagonizado este duelo entre os dois pilotos da Fórmula 1. Niki Lauda era o atual campeão, enquanto James Hunt voltava a categoria na Mclaren após Emerson Fittipaldi sair do time. Durante o ano de 1976, Lauda lutou contra suas incapacidades físicas após um acidente, enquanto Hunt aproveitava todo o glamour da Fórmula 1, além do seu exímio talento. Tudo isso, inclusive o desfecho da história real você confere no livro "Corrida para a Glória".



Saindo das pistas, vamos agora falar de jornalismo esportivo. O conhecido PVC, Paulo Vinícius Coelho, é um consagrado jornalista, mas, além disso, arrumou tempo para explicar um pouco do histórico do jornalismo esportivo brasileiro. PVC também dá dicas para quem quer iniciar uma carreira no jornalismo esportivo e ressalta que não é apenas a paixão de torcedor que poderá fazer de alguém um jornalista especializado no esporte, mas sim o quanto ele busca conhecer mais e mais sobre o assunto, seja o futebol ou outros esportes. 
Para você que não quer ser jornalista, a leitura também é valida, pois mostra este outro lado do esporte que apenas é de interesse para as pessoas da área e que fica escondido muitas vezes. É um livro bem leve, sem muitos termos específicos da profissão, portanto não é desculpa para não-jornalistas.


Outro livro que recomendamos é o 71 segundos. O nome parece não fazer muito sentido, mas a publicação do jornalista Luiz Zini Pires relata o acontecido antes, durante e depois do famoso episódio conhecido como "A Batalha dos Aflitos" a qual o Grêmio venceu o Náutico milagrosamente, mesmo com 7 jogadores em campo apenas. De forma meio romanceada, mas ao mesmo tempo enfocado nos fatos, Luiz Zini relata as confusões nos vestiários, a PM invadindo o campo e todo o circo que se armou até que o jovem Anderson decidisse a partida para os tricolores.


Seguimos agora com o "Almanaque do Melhor Basquete do Mundo", escrito por Michael Boop. A publicação explica um pouco de como surgiu e se transformou este esporte que encanta tantas pessoas no mundo. Além disso, Boop trás as características dos melhores times da história da NBA, os maiores jogadores da história desta liga e a participação brasileira nisso tudo. Há a explicação das principais regras, os maiores recordes deste esporte e os escândalos que marcaram a história.



Uma grande febre dos anos 2000 talvez, foi o Guia dos Curiosos. Muitos nerds amavam ficar lendo todas as curiosidades possíveis deste livro. E ele, em 2006, ganhou uma edição falando apenas de esportes. Além de falar das mais variadas modalidades esportivas, o guia também conta um pouco da história da Copa do Mundo de futebol. É um livro ótimo, recomendado até para quem não é tão fã de esportes poder, quem sabe, despertar esta paixão.



Até mais!

segunda-feira, 24 de março de 2014

Combo de Final de Semana




Salve Salve nerds!

Está no ar mais um... COMBO DE FINAL DE SEMANA!

Abrimos os trabalhos com o UFC, que foi realizado em Natal, Rio Grande do Norte. Na luta principal, Mauricio Shogun enfrentou Dan Henderson. O brasileiro foi melhor nos dois primeiros rounds, parecendo que venceria, mas, no terceiro round Henderson acertou um chute no nariz do brasileiro, o que abriu caminho para mais golpes e a vitória por nocaute. Mais detalhes, inclusive com vídeo, AQUI.



Seguimos com a rodada futebolística nos estaduais. Em São Paulo tivemos clássico entre Santos e Palmeiras, pela última rodada da primeira fase do paulistão. O Palmeiras jogou bem, mas os santistas foram mais eficientes, abrindo dois a zero no placar, com Tiago Ribeiro e Everton Santos. No final Alan Kardec diminuiu. Final 2 a 1 Santos.
No Paraná mais clássico. O time com o mesmo nome do estado recebeu o Atlético, pelas quartas de final. Mesmo com a vantagem do empate, já que havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1, o Paraná jogou muito mal e deu espaço para a garotada do Atlético. Um dos garotos, Marcos Guilherme, superou as expectativas e marcou os dois gols atleticanos na partida, garantindo a semi-final contra o Londrina.
Já no Rio Grande do Sul, o Grêmio enfrentou o Juventude. Quem deu show foi Barcos, que marcou os 3 gols tricolores na partida e leva o time para a semi-final. O rival gremista, Internacional, venceu o Cruzeiro e também se garantiu na próxima fase.
Os gols e outras partidas comentadas você confere abaixo nos gols da zueira. Já os tentos anotados no Nordeste e Paraná estão neste link AQUI.



No futebol internacional clássico na Espanha. Real Madrid e Barcelona fizeram um jogaço, uma partida digna das duas equipes. Iniesta abriu o placar para o Barça logo aos 7 minutos, dando a entender que os catalães teriam maior facilidade. Porém, Benzema marcou dois gols em 4 minutos, um aos 20 e outro aos 24, virando o placar e a realidade da partida. Neste momento, apareceu o instinto artilheiro, apareceu ele, Lionel Messi. Messi empatou aos 42 do primeiro tempo, mas viu Cristiano Ronaldo empatar aos 10 do segundo de pênalti. 
Em mais um pênalti, sofrido por Neymar e que gerou polêmica, Messi empatou de novo. Já na bacia das almas, aos 39 minutos, mais uma penalidade para o Barcelona, também anotada pelo artilheiro Lionel. O argentino agora supera outro argentino, Di Stefano, que era o artilheiro do clássico com 18 gols, mas agora Messi tem 20 anotados. Além do fato, é o primeiro a ter dois hat-tricks contra o rival e o primeiro a fazer um hat-trick contra o Real no Santiago Bernabeu. Com a derrota do Real, o Atlético de Madrid reassumiu a liderança do espanhol, mas com o mesmo número de pontos do rival.
No milésimo jogo de Arsene Wenger pelo Arsenal, a sua equipe jogou contra o Chelsea. Mas, o presente chegou da maneira errada, ou de 6 maneiras erradas. Jogando muito mais do que o adversário, o Chelsea impôs um impiedoso 6x0 sobre o rival, com gols de Eto'o, Schurrle, Hazard, Oscar duas vezes e Salah fechou o marcador. Os blues são líderes do campeonato, mas com jogos a mais do que os rivais próximos. 
Mais partidas e detalhes do futebol europeu você confere AQUI.

Vamos para a pista no nosso combo, falamos de Moto GP, que teve a sua primeira etapa no Catar. E a briga pela vitória foi até a última volta. Valentino Rossi e Marc Márquez duelaram durante boa parte da prova em busca da primeira posição, sendo que apenas na penúltima passagem Márquez conseguiu assegurar a ponta e vencer a corrida por 0.259 milésimos. O relato completo da corrida você confere AQUI.


Seguindo nas pistas, houve também a primeira prova do ano da Stock Car, mas em um modelo diferente do habitual. Desta vez a prova disputada por duplas, cada equipe deveria trocar de pilotos durante a corrida. Mesclando juventude e experiência, a equipe Vogel apostou no jovem Felipe Fraga, de 18 anos e que não tem nem carteira de motorista ainda, mas tem o talento nato de um piloto. Ao seu lado estava Ricardo Sperafico, que assumiu o carro na volta 14 no total de 25, e o levou ao primeiro posto. Maiores detalhes AQUI.


Até mais!

quinta-feira, 20 de março de 2014

As Copas



Salve Salve nerds!

A correria que nos dignifica vem consumindo o tempo necessário para a dedicação ao blog, mas voltamos com as principais partidas da semana na Copa Libertadores, Copa do Brasil e Champions League. Abrimos os trabalhos com a competição mais glamourosa, roda a vinheta aí estagiário:


Na terça-feira, o Real Madrid recebeu o Schalke 04, que em casa havia levado 6x1 dos merengues. A história não mudou muito, mas o placar foi bem mais modesto. Com dois gols de Cristiano Ronaldo e um de Morata o Real despachou os alemães e agora espera quem enfrentará na próxima fase.
Os gols:



No reencontro de Drogba com o seu ex-clube, o Chelsea, as coisas não foram muito bem. O Galatasaray não jogou bem e viu o Chelsea dominar a partida. Eto'o e Cahill marcaram os tentos dos blues, que eliminaram os turcos e abriram as portas para a volta do ídolo marfinense.
Os gols:




Em Dortmund, o Borussia poderia perder por até 2 gols de diferença para o Zenit para se classificar e foi quase isso o resumo da partida. Jogando com o regulamento embaixo do braço, o time alemão apenas assegurou-se de que não perderia a vaga e depois de marcar um gol praticamente garantiu isto. Final 2 a 1 Zenit, com gols de Hulk e Rondon para os russos e Kehl para os alemães. 
Os gols:



Quem também se classificou foi o Manchester United. Os red devils receberam o Olimpiacos e não deram chance alguma para os gregos. Quem deu show foi Van Persie, que fez um hat-trick e ao mesmo tempo todos os gols do time na partida.
Os gols, no replay:







Pela majestosa Copa do Brasil, o Corinthians visitou o Bahia de Feira em uma partida de um nome. Estamos falando dele, com 6 gols em 6 jogos pelo timão, Lucianel Messi. O artilheiro Luciano encontrou um time corintiano jogando mal e desanimado, mas com um gol em cada tempo ele classificou a equipe, sem a necessidade do jogo de volta.
Os gols de Lucianel:



Em outro jogo, o Londrina recebeu o Criciúma, que foi surpreendido pelo tubarão paranaense. Com dois gols de Arthur, o Londrina está mais do que próximo de se classificar, podendo perder por um gol fora de casa que ainda assim passa.
Os gols:







Falando agora da Copa Libertadores, os brasileiros mais uma vez não foram muito bem... O único vencedor da rodada, até agora, foi o Botafogo. O time carioca recebeu o Independiente Del Valle, o time do suco, mas não deu chances desta vez, vencendo por 1 a 0 com gol de Ferreyra.
O gol solitário:




O outro carioca da competição, o Flamengo, não teve a mesma sorte nos mais de 3000 metros de altitude da Bolívia. Contra o Bolívar, o mesmo que aprontou em pleno Maracanã semana passada, o mengão pouco produziu e não levou mais gols porque o goleiro Felipe salvou. Final 1 a 0 gol de Arce, cobrando pênalti.
O gol:


Que erro do Samir...

No Independência, o Atlético Mineiro recebeu o Nacional do Paraguai. O galo poderia ter saído com a vitória, mas Ronaldinho Gaúcho errou um dos dois pênaltis que cobrou, mas ainda assim mantém o time na liderança do grupo. Final 1 a 1.
Os gols:



Quem também entrou em campo foi o Grêmio, que foi até a Argentina jogar contra o Newells Old Boys. O time da casa saiu na frente, mas, na bacia das almas, na última hora, o chamado Imortal fez milagres e conseguiu arrancar um empate em gol de Rhodolfo.



Até mais!

terça-feira, 18 de março de 2014

Slow Sport



Salve Salve nerds!




No esporte, algo que mudou a concepção dos eventos foi o início das transmissões em vídeo pela televisão. Décadas depois, tivemos algo que revolucionou a forma de assistir esportes, a câmera lenta. Com imagens mais lentas é possível notar detalhes que nos escapam na imagem normal, os movimentos pensados pelos atletas, estratégias calculadas, etc. Hoje, além da câmera lenta, temos a qualidade em alta definição das imagens, que auxiliam inclusive árbitros de alguns esportes nas suas fiscalizações das competições. Treinadores utilizam-se desta tecnologia para que o seu atleta tenha o máximo rendimento possível, o menor erro pode ser notado na super câmera lenta.
No atletismo, cada passo é avaliado a partir destes recursos. Hoje pode se saber a diferença de estilo na corrida de Usain Bolt e de seus adversários, que dão mais passadas do que o jamaicano e são normalmente mais rápidos nos primeiros metros da corrida, logicamente não apenas através do slow motion. Confira abaixo um exemplo:




No vôlei a força física é muito presente, tanto no saque e ataques quanto na parte defensiva onde é preciso ter resistência. Veja os músculos em ação na câmera lenta:




E um canal resolveu ensinar tênis a partir do slow motion. Filmando os melhores tenistas do mundo, eles conseguem os melhores movimentos e com a câmera lenta é possível perceber exatamente o que o tenista faz e tentar, ao menos, realizar um movimento parecido.




Se há um esporte onde a câmera lenta é muito bem aproveitada, este é o automobilismo, principalmente a Fórmula 1. É possível ver o movimento da suspensão do carro, o giro dos pneus, toda uma plasticidade que pouco pode ser percebida em um esporte onde a velocidade está presente.




O Skate é outro esporte que também parece ter sido feito para o slow motion. Por ser um esporte onde os movimentos são do atleta e do equipamento, a partir de imagens mais lentas é possível notar como realmente isso tudo acontece.




Na Ginástica Rítmica a câmera lenta é mais do que um adereço. Os juízes utilizam as câmeras espalhadas pelo tablado para darem as notas mais justas possíveis a partir da visão exata de cada salto e movimento realizado pelos competidores.



Fechando, mais um canal que trabalha apenas com câmera lenta. É o Slow Mo Guys, que não faz apenas vídeos com esportes, mas encontramos o vídeo abaixo e outro AQUI para você. O vídeo aqui abaixo mostra o quanto uma bola de futebol se deforma ao colidir com uma pessoa, ou qualquer objeto. 



Até mais!

segunda-feira, 17 de março de 2014

Combo de Final de Semana




Salve Salve nerds!

Está no ar mais um.... COMBO DE FINAL DE SEMANA!

Os trabalhos se iniciam com a final entre Roger Federer e Novak Djokovic no Aberto de Indian Wells, nos Estados Unidos. Federer começou melhor e não dando chances para Djokovic, fechando o primeiro set em 6/4. Mas, o fôlego do suíço parece ter acabado no segundo set, pois perdeu por 6/3. Descansado, Federer voltou no terceiro set para brigar pela vitória, o que estava conseguindo durante quase todo o set. Mas, no final Djokovic se superou e tomou as rédeas do jogo, vencendo no tie-break por 7/6 (7-3). Este é o terceiro título do sérvio, que vence a cada 3 anos o torneio, 2008, 2011 e agora 2014.



Seguimos agora com a Fórmula 1. Primeira prova do ano, em Melbourne, com direito a muitos motores quebrados e reclamação de Felipe Massa após a colisão de Kobayashi. No final quem se deu bem foi Nico Rosberg, que venceu depois de ótima largada. Em segundo ficou Daniel Ricciardo, mas por irregularidades ele foi desclassificado, então o segundo posto foi passado para Kevin Magnussen, o estreante. Terceiro posto para Button, que não fez muita coisa mas chegou longe na corrida. Todos os detalhes em texto você confere na Colúnia Esportiva de ontem. Também tivemos o Podcast Brazil With Lasers, que falou logo após a prova sobre tudo o que aconteceu e as expectativas para as próximas corridas. Confira clicando AQUI.


Da Austrália para o futebol, onde a rodada foi decisiva nos estaduais. Tivemos clássico entre Atlético Paranaense e Paraná Clube, nas quartas de final do campeonato paranaense. O Paraná Clube abriu o placar com belo gol de Lúcio Flávio, mas o Atlético empatou e o jogo caminhava para o empate. Porém, o tricolor virou e sai com vantagem para decidir em casa a vaga na semi-final.
No Rio de Janeiro clássico entre Vasco e Fluminense. O Vasco começou melhor e marcou com Edmilson, mas Fred, com faro de matador, empatou. Ambos estão classificados para as semi-finais e poderão se encontrar por lá também, já que falta uma partida para o final do turno.
Em São Paulo, o time de mesmo nome perdeu para o Ituano, fazendo o Corinthians, rival do clube, ficar fora das quartas de final. O próprio Corinthians se eliminou ao apenas empatar com o Penapolense em jogo fraco tecnicamente. O Palmeiras venceu de virada a Ponte Preta e o Santos empatou em 3 a 3 com o Rio Claro. 
Outros gols você confere no Gols da Zueira:




No velho continente, muitos gols também. Lionel Messi consagrou-se ao ultrapassar Paulino como maior artilheiro da história do Barcelona, na goleada do time por 7 a 0 sobre o Osasuna. Messi marcou 3 gols e agora soma 371 marcados, contra 369 do antigo recordista. O Atlético de Madrid venceu o Espanyol com gol marcado por Diego Costa e segue atrás do Real Madrid. O Real visitou o Málaga e venceu também por 1 a 0 com gol do artilheiro Cristiano Ronaldo. Próximo final de semana tem El Clasico entre Real e Barcelona, podendo beneficiar o Atlético de Madrid, caso o Barça vença.
Na Inglaterra clássico entre Manchester United e Liverpool. O time da casa apenas assistiu o show do Liverpool, que venceu com dois gols de Gerrard, cobrando pênaltis e um de Suárez, que já soma 25 gols no campeonato. No clássico londrino, o Arsenal mostrou que a fase é ótima e venceu o rival Tottenham. Logo aos 2 minutos, Rosicky, com toda sua qualidade mandou um foguete de trivela e não deu chances para Lloris. Com o resultado, os gunners estão em terceiro lugar na Premier League.
No campeonato alemão, nem há mais ânimo dos adversários quanto ao Bayern de Munique. Os bávaros lideram 23 pontos a frente do segundo colocado, podendo ser campeões já na próxima rodada, ou seja, restando ainda 12 jogos para o fim da competição. Neste final de semana, a vítima foi o Bayern menor, o Leverkusen, que perdeu por humilde placar de 2 a 1.
Mais sobre o futebol internacional você confere AQUI.

Até mais!

domingo, 16 de março de 2014

Colúnia Esportiva 36 - Canguru Nico



Salve Salve nerds!



Nosso amado quadro está de volta para a temporada 2014 da Fórmula 1!!!! Na Austrália, altas confusões e muitas surpresas já na qualificação. No Q1 o começo foi com pista seca, mas não demorou para a chuva aparecer e já atrapalhar os planos de um pessoal. A Lotus teve problemas com Maldonado errando e Grosjean tendo que fugir de uma batida, sendo assim a equipe largará na última fila. Acompanhando-os estão Max Chilton, Jules Bianchi, Gutiérrez e Ericsson. O mito Kobayashi, mesmo de Caterham, passou para o Q2.
No Q2 a chuva seguiu acompanhando os pilotos, mas a Mercedes dominava ainda, seguida por Ricciardo, o novo parceiro de Vettel, que já vem mostrando serviço. No final desta segunda parte, Raikkonen rodou e bateu, levando bandeira amarela para uma parte da pista. Vettel não conseguiu um tempo bom e ficou de fora do Q3, juntamente com Jenson Button, que também viu o parceiro Magnussen passar. Junto aos dois campeões mundiais ficaram fora também Adrian Sutil, o Mito Kobayashi e Sergio Perez.
Na última parte, a superpole, o Q3, briga dominada pela Mercedes, em meio a chuva que parava mas não permitia exatamente o uso de pneus intermediários, dando resultados diferentes para cada piloto. Felipe Massa arriscou os intermediários, mas não tinha aderência e ficou apenas em nono lugar, ao menos a frente de Bottas, o décimo. Em oitavo ficou Daniel Kvyat, da STR, que estreou com moral. Sétimo Hulkenberg, sexto Vergne, quinto Alonso, quarto a surpresa Magnussen, terceiro Rosberg, que bobeou na briga pela pole, segundo Ricciardo, ou Ricardo, que tirou tudo da Red Bull mas não tirou a pole de Hamilton.
Largada e Rosberg toma a ponta de Hamilton em ótima passagem. Felipe Massa acaba se envolvendo em batida com o mito Kobayashi e os dois abandonam. Bottas foi o destaque do começo, passando muita gente, ele que havia perdido posições na largada. E na volta 5 maiores problemas, desta vez Vettel é quem abandona. O top five do momento tinha Rosbeg, Ricciardo, Magnussen, Hulkenberg e Alonso. 
Volta 7 e Bottas, voando na pista, foi pra cima de Raikkonen na briga pelo sexto lugar. Na pressão Bottas conseguiu o sexto posto e já foi para cima de Alonso, logo a frente. Na volta 10 grande briga entre Bottas, Alonso e Hulkenberg. E Bottas tem problemas com seu pneu furado, após bater no muro, baita azar para o destaque da prova até o momento. Com o pneu que escapou era hora do Safety Car car car.... Sendo assim, muita gente aproveitou para ir aos boxes. 
Volta 13 e o top five segue o mesmo, Rosberg, Ricciardo, Magnussen, Hulkenberg e Alonso. Button, com as batidas, problemas e toda a confusão já aparecia em sexto lugar. Na décima sexta volta, enfim, relargada. Maldonado, do fundo do grid, já apareceu em décimo primeiro. Rosberg voando na pista, fazendo tempo muito abaixo do segundo colocado Ricciardo, mais de 1 segundo de diferença. Volta 20 e muitos já estão torcendo pela chuva novamente, pois a emoção ficou de lado.Sempre brigando por algo mais, Alonso chega em Hulkenberg. As duas Lotus brigaram por posições, com Grosjean passando Maldonado pela décima terceira posição. Muita briga entre o quarto e o oitavo lugar, entre Hulkenberg, Alonso, Button, Vergne e Raikkonen.
Mesmo depois de perder o pneu, Bottas voltou e assumiu o nono lugar ao superar Kvyat. Volta 27 e o top 5 perdura com Rosberg, RiCardo, Magnussen, Hulkenberg e Alonso. Bottas vinha chegando em Raikkonen, tirando 2 segundos por volta do seu compatriota. Alonso seguiu tentando chegar em Hulkenberg, mas o alemão é osso duro e segurou o espanhol. No acúmulo de abandonos, Ericsson dá adeus a prova. Mais um que sai na volta 31, Maldonado com superaquecimento do carro. Volta 36 e Raikkonen trava forte, facilitando para Bottas, que o ultrapassa sem problemas. Mais idas aos boxes e Alonso consegue voltar na frente de Hulkenberg, 
´Volta 43 e Magnussen encosta em Ricciardo, que parecia estar poupando o motor Renault. Bottas  vinha chegando em Vergne e Kvyat em Raikkonen. Grosjean também não resistiu e na quadragésima quinta volta se despede. Bottas enfim passou Vergne e assumiu o sétimo posto. Button se escondeu na corrida e já aparecia na volta 50 em quarto lugar. Rosberg seguia isolado, seguido por Ricciardo e Magnussen, que brigavam pelo segundo posto. Magnussen, sem sentir pressão alguma da estreia, foi pra cima de Ricciardo, usando asa móvel e tudo que podia para chegar no adversário. Bottas, tirando tudo do carro, passou Hulkenberg e assumiu o sexto lugar. Faltando 3 voltas para o fim, Magnussen segue insistindo na ultrapassagem. Raikkonen consegue ultrapassar a STR de Vergne para ficar em oitavo. Terrrrmina o GP da Austrália! Nico Rosberg leva o primeiro caneco do ano!!! Ricciardo em segundo, o estreante Magnussen em terceiro! O pódio dos números 2 das equipes! Completando o top 10 estão Button, Alonso, Bottas, Hulkenberg, Raikkonen, Vergne e Kvyat, as duas Toro Rosso nos pontos.
Nos vemos na Malásia, próxima etapa do circo da Fórmula 1.





Até mais!

sábado, 15 de março de 2014

Gols da Semana



Salve Salve nerds!


Mais um sábado em nossas vidas, mesmo com sono depois de acordar para a Fórmula 1 vamos aos principais gols, selecionados pela TV Golo. Hoje temos gol oriental, gols brasileiros, uma obra de arte equatoriana e muito mais! Confira clicando AQUI, pois ainda não conseguimos incorporar os vídeos do Dailymotion.


Até mais!




sexta-feira, 14 de março de 2014

As Copas



Salve Salve nerds!

Hoje voltamos com muitos gols, tudo o que ocorreu na Copa Libertadores, Champions League e o pouco que tivemos na Copa do Brasil.


Iniciamos com a nossa competição continental, que teve todos os brasileiros em campo. O Cruzeiro foi até Montevidéu para enfrentar o Defensor, que não tomou conhecimento dos atuais campeões brasileiros. Na primeira etapa o time uruguaio honrou seu nome e ficou fechado na defesa, esperando o time celeste atacar e criar, mas o ataque brasileiro não rendia e errava muitos passes. No segundo tempo o jogo melhorou, aos 18 minutos Gedoz cobrou falta e a bola entrou, sem alcance para Fábio.
Aos 23 minutos, pênalti sofrido por Ricardo Goulart e cobrado por Dagoberto. O atacante cruzeirense cobrou mal e para fora, perdendo a chance de empatar a partida. Com um a mais o Cruzeiro foi ao ataque, porém não estava organizado, dando espaços aos uruguaios. Em uma dessas bobeadas Arrascaeta deu dois chapéis em jogadores cruzeirenses, para depois lançar Gedoz, que tocou na saída de Fábio e decretou o fim da partida. Final 2 a 0.
Os gols:



No Equador, em um gramado tão bom que compará-lo com a várzea seria maldade com a várzea, o Botafogo encarou o Independiente del Valle, o time do suco. Os cariocas continuam a sua sina de jogar mal fora de casa, tomando pressão dos equatorianos e sofrendo com as bolas aéreas, salvas por Jefferson. Aos 26, no contra-ataque, Nuñez recebeu bola nas costas da defesa botafoguense e teve apenas o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes, 1 a 0. O gramado já estava horrível, mas resolveu chover por lá, ampliando o sofrimento dos brasileiros, que ficaram encurralados na defesa. 
Na segunda etapa a pressão do Independiente seguia grande, com direito a gols perdidos. Eis que, por ironia, o Botafogo aproveitou sua única chance na partida e marcou seu golzinho. Após cruzamento de Jorge Wagner cabeceio certeiro de Bolívar e empate do jogo. O mesmo Bolívar, momentos depois, foi expulso e gerou a confusão da partida, pois junto com ele, por reclamação, Edilson também saiu mais cedo da partida. Sendo assim, com dois a menos, o fogão segurou o time do suco até os 46 minutos, quando Sornoza acertou um chutaço e virou para os equatorianos. Final 2 a 1 e fogão complicando-se.
Os gols:



Em Ciudad Del Este, ali encostado com Foz do Iguaçu, o Atlético Mineiro visitou o Nacional do Paraguai. Os paraguaios começaram com tudo, chegando perigosamente, além de aproveitarem a má marcação do meio campo. Tanto que aos 8 minutos Melgarejo abriu o placar em mais um erro defensivo. O galo acordou apenas após o gol sofrido, mesmo quase tomando mais gols. Aos 21 minutos, Ronaldinho Gaúcho, que retornava ao estádio de seu primeiro gol, e que golaço, pela seleção brasileira em 1999, deu belo lançamento para Josué se redimir e marcar o tento do empate.
Cinco minutos depois, Jô recebeu impedido e marcou o gol da virada, 2 a 1 Atlético. Na segunda etapa, Paulo Autuori resolveu segurar o meio campo do time brasileiro, sendo que tirou até Ronaldinho Gaúcho do time para segurar os ímpetos paraguaios. Mas, porém, entretanto, contudo, o juiz marcou pênalti em suposto toque de mão do zagueiro Otamendi. Assim, Torales empatou a partida. Final 2 a 2.
Os gols, no replay:



No Maracanã, o Flamengo recebeu o Bolívar. Jogando mal e encontrando poucos espaços na defesa boliviana, o mengão pouco produziu. Os bolivianos inclusive arriscaram mais e conseguiram criar chances perigosas de gol. Na segunda etapa o jogo ficou bem melhor, mas com pressão maior do Bolívar. Aos 7 minutos boa troca de passes na defesa flamenguista, com bobeada de Wallace perdendo a bola para Arce, que tocou na linha de fundo para Callejón tocar no meio para o livrísssimo Capdevilla marcar, 1 a 0.
Dois minutos depois, cruzamento na área, Wallace, impedido, dividiu com o goleiro, que rebateu a bola para frente, mas lá estava Everton. O meia mandou um belo chute e empatou o jogo, para euforia da torcida. Aos 20 minutos, em grande jogada de Paulinho, Everton recebeu novamente e não desperdiçou, era o gol da virada do Flamengo. Pedriel entrou aos 26 minutos em campo, aos 27 já calou a torcida flamenguista e marcou o gol de empate do Bolívar. 
O gol desestabilizou o time carioca, que não conseguia criar mais e acabou por pressionar na base dos lançamentos do meio de campo. Final 2 a 2 e pontos desperdiçados pelo time rubro negro.
Os gols:


No Peru, Universitário e Atlético Paranaense jogaram pelo grupo 1. Com estilos de jogo parecidos, baseados nos contra-ataques e nas laterais, as duas equipes não conseguiam surpreender. Algumas chances foram criadas, principalmente pelo Universitario, obrigando Weverton a trabalhar no gol atleticano. No lado atleticano a única chance da primeira etapa foi de Bruno Mendes, que perdeu a chance com o gol livre.
O segundo tempo seguiu a tônica do primeiro, com muito equilíbrio e chances esparsas. Até que, aos 21 minutos, cruzamento para Éderson, mas antes dele o zagueirão Duarte mandou para as redes e garantiu preciosos 3 pontos ao furacão, que embola o grupo com 6 pontos, mesmos números de Vélez e The Strongest.
O gol salvador:







Pela Champions League tivemos quatro confrontos pelas oitavas de final. O Barcelona recebeu o Manchester City e em um jogo bem morno e meio chato até, conseguiu a vitória. Já no segundo tempo, Messi aproveitou a sobra de bola na área para avançar e tocar na saída do goleiro do City, 1 a 0. Já no final do jogo os ingleses empataram com Kompany, o que não ajudava em muita coisa para a classificação. E para fechar o caixão, Daniel Alves virou o jogo para o Barcelona. Final 2 a 1.
Os gols:


No Vicente Calderón, o Atlético de Madrid recebeu o Milan, que precisava reverter o 1 a 0 sofrido em Milão. Jogando como nunca, Diego Costa abriu o marcador aos 3 minutos, já garantindo aí uma mão na vaga. Aos 27, em pequeno lampejo milanês, Kaká empatou para os italianos, porém ficou nisso a reação. Depois, Arda Turan virou na primeira etapa, Raul Garcia e Diego Costa ampliaram e deram status de goleada ao jogo. Final 4 a 1 e Atlético pasando das oitavas depois de 17 anos.
Os gols:


Na Alemanha, Bayern de Munique e Arsenal fizeram um jogo mais equilibrado do que o primeiro, ao menos no placar. Os bávaros dominaram a partida, mas o gol saiu apenas no segundo tempo. Aos 10 minutos da etapa final Schweinsteiger abriu o marcador e dois minutos depois Podolski empatou. Ainda houve tempo para Fabianski defender uma penalidade cobrada por Muller, mas nada mudou, Arsenal fora e Bayern mais vivo do que nunca na briga pela taça.
Os gols:



No Parc des Princes, ou Parque do Ibra, o Paris Saint Germain recebeu o Bayern Leverkusen, que necessitava de um milagre após perder a primeira partida por 4 a 0 na Alemanha. A reação até começou com Sam, que marcou para os alemães aos 6 minutos. Porém, aos 13 Marquinhos empatou e já obrigou um marcador mais elástico ainda. No segundo tempo, aos 8 minutos, Lavezzi virou o jogo, que já estava bem morno, levando o PSG mais uma vez longe na Champions.
Os gols:






Na competição com maior número de clubes do Brasil, alguns jogos nesta primeira fase. Em Alagoas, o São Paulo estreou na competição, contando também com o primeiro jogo de Alexandre Pato, trocado por Jádson. Pato procurou o jogo e inclusive marcou um gol irregular. O CSA se segurava e pouco produziu no primeiro tempo, apenas assistia o São Paulo desperdiçar oportunidades. Apenas no segundo tempo o time se ajeitou, com Osvaldo acertando belo chute de dentro da área e abrindo o placar.
Quem pensava em ampliação do marcador e classificação direta do time paulista se enganou, pois os alagoanos foram para cima e chegaram a perder grande chance, quando o atacante driblou Rogério Ceni e mesmo assim desperdiçou. Final 1 a 0 e jogo de volta no Morumbi.
O gol:



Em Rondônia, o Palmeiras visitou o Vilhena. Jogando em um gramado ruim, não muito motivado e encontrando um adversário querendo visitar São Paulo no jogo da volta, o Palmeiras pouco produziu. Assim, o gol da vitória do porco aconteceu apenas aos 42 minutos do segundo tempo, com Leandro, o salvador.
O gol:


Em outros jogos importantes, o Coritiba empatou em 2x2 com o Cene, do Mato Grosso e o Internacional goleou o Remo por 6x1, evitando obviamente a partida de volta, já que um 2x0 garante isto.


Até mais!

quinta-feira, 13 de março de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve nerds!

Hoje vamos para os mais marcantes vídeos divulgados esta semana no meio esportivo, aqueles que trouxeram lições de vida, conhecimento e até como fazer um bom marketing. Confira:

Começamos com a Red Bull, que em vídeo mostrou as grandes mudanças ocorridas nos carros da Fórmula 1 de 2013 para 2014, inclusive a piora do motor Renault, rs. Vale lembrar que o motor deixou de ser V8 para agora um V6 turbo, além dos bicos, sistema de recuperação de energia novo e etc. Veja no replay:

)



Para divulgar a Liga Japonesa de Baseball os japoneses decidiram inovar, apelar para um ícone dos cinemas e dos nerds.Veja Darth Vader mostrando que a força também está no esporte: (Via Social Zero)





Fechando, este vídeo mostra o quanto uma mãe quer proteger seu filho, mesmo na hora mais crítica ela se arrisca para ajudá-lo. Em uma luta de MMA, uma mãe, ao ver seu filho desmaiado foi socorre-lo, bom, veja abaixo como terminou:


Não esqueça de votar no Nerd Esporte como melhor blog de esportes no Top Blog 2013! Basta clicar AQUI e votar pelo facebook e por e-mail. Desde já agradecidos!


Até mais!

quarta-feira, 12 de março de 2014

Filmes Esportivos - Jamaica Abaixo de Zero



Salve Salve nerds!



Hoje falamos de um filme que virou clássico de tantas vezes que passou na televisão, além de ser divertido e contar uma história de superação no esporte, por mais que o título e a capa não pareçam dizer isso. O filme, em inglês Cool Runnings, foi lançado em 1993 pela Disney, e é baseado na história da equipe de bobsled da Jamaica, que participou dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1988, no Canadá. Na história do filme, Irwin Blitzer, ex-competidor que adulterou seu trenó com pesos para vencer e teve que entregar sua medalha de ouro, é procurado por um velocista mal sucedido, Derice Bannock, procura Irwin e assim eles, junto a outros atletas, participam da seletiva para os jogos de inverno e se classificam. Antes, poucos mesmo na Jamaica acreditavam no potencial desse esporte, além do fato de eles precisarem treinar em condições bem diferentes das normais para o bobsled.
Confira o trailer:


)

No Canadá, eles sofrem preconceito e são zombados por formarem uma equipe de bobsled, sendo que são jamaicanos. Mesmo com toda essa problemática, eles não se deixam abalar e surpreendem em uma de suas descidas no gelo. O final, você confere assistindo.
Acerca da história e enredo, não são os melhores e mais bonitos do cinema, porém de maneira bem humorada o lado divertido do esporte, onde participar é maior do que ganhar, torna-se retratado. Nunca uma equipe jamaicana de bobsled havia participado da competição, mas mesmo assim eles estavam lá acreditando em um bom resultado.
Apesar de ser um filme ao estilo sessão da tarde recomendamos para você que está com um tempo de sobra e quer dar algumas risadas e torcer pelo time jamaicano de bobsled.

Não esqueça de votar no Nerd Esporte como melhor blog de esportes no Top Blog 2013! Basta clicar AQUI e votar pelo facebook e por e-mail. Desde já agradecidos!

Até mais!

terça-feira, 11 de março de 2014

Top Blog 2013/2014



Salve Salve nerds!



Hoje temos uma grande notícia para anunciar aqui. Ontem, soubemos do resultado de um concurso ao qual inscrevemos despretensiosamente o Nerd Esporte. Falamos do Prêmio Top Blog, ano 2013/2014, que por votação popular escolheu os 100 melhores blogs em diversas categorias. O Nerd Esporte ficou classificado na categoria Esporte, sendo que agora vamos para o segundo turno de votações. Os 3 primeiros colocados do segundo turno serão avaliados por jurados, sendo eles que decidirão o melhor blog em cada categoria.
Portanto, mais uma vez pedimos a você, nobre leitor, que nos ajude nesta empreitada, para brigarmos por algo mais nesta premiação, quem sabe estarmos no pódio. É bem fácil e tranquilo participar, basta clicar AQUI e na parte superior da página votar. Há dois modos de votação e pedimos para que utilize ambos, pois os dois contarão. Um deles é pela sua conta do facebook e o outro é pelo e-mail. No lado direito do blog, está também o banner do prêmio e clicando nele você também será direcionado para o mesmo link colocado acima.
Desde já agradecidos pela atenção e mais ainda pelos votos recebidos no primeiro turno de votações!


Até mais!

segunda-feira, 10 de março de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve nerds!

Está no ar mais um... COMBO DE FINAL DE SEMANA!!!

Os trabalhos começam com o Mundial de Atletismo Indoor, aquele realizado em ginásios, fechado. O espaço dos ginásios não é tão grande, tanto que os 100 metros rasos se transformaram em 60. Deixando isso de lado, falaremos do destaque desta competição, e ainda bem, um brasileiro. Estamos falando de Duda, ou Mauro Vinicius da Silva, que disputou a prova do salto em distância em Sopot, na Polônia. Duda havia passado em sétimo na classificatória para a final, mas não desistiu. Em seu último salto, o brasileiro pisou na barra de impulsão, não queimou o salto e cravou a marca de 8,28 metros, o que lhe valeu a medalha de ouro. Vale lembrar que ele mesmo havia conquistado o mundial anterior, ou seja, é o atual bicampeão mundial do salto em distância indoor.



Seguimos agora com os estaduais. Tivemos clássicos em São Paulo e no Rio de Janeiro, no Pacaembu o São Paulo marcou 5 gols e venceu apertado o Corinthians por 3 a 2. Pois é, o zagueirão Antonio Carlos marcou os dois tentos corintianos. Já no Rio de Janeiro, o Flamengo encontrou o desolado Botafogo, que só pensa na Libertadores e no estadual se lamenta. Seguindo esta escrita então, o Flamengo venceu por 2 a 0 o Botafogo, com tranquilidade. Assim, o mengão é o campeão do primeiro turno do estadual.
No Rio Grande amado, o Internacional teve dificuldades para vencer o Aimoré. Os colorados começaram perdendo e precisaram correr atrás do placar, para empatar com Sasha e virar no gol de Wellington Paulista. O tricolor gaúcho também venceu, e também de virada. O Passo Fundo começou ganhando, mas com direito a dois gols do pirata Barcos, o Grêmio venceu por 3 a 1.
Mais acima, no Paraná, clássico entre o clube com mesmo nome do estado contra o Atlético Paranaense. Com seu time sub-23, o furacão apenas assistiu o show do Paraná, com direito a 3 gols do artilheiro Giancarlo. Assim, o tricolor terminou a primeira fase da competição na liderança. Coincidentemente, na próxima fase as duas equipes se enfrentam novamente, já que o primeiro enfrenta o oitavo colocado, no caso o Atlético.
Mais detalhes, incluso gols de mais estaduais, você confere nos Gols da Zueira. Depois do atraso, sairam os gols e você confere abaixo:



No futebol internacional, tivemos Barcelona perdendo e Real Madrid se mantendo líder isolado. Na Inglaterra, o Manchester City bobeou e perdeu para o Wigan na Copa da Inglaterra. Se há uma equipe que domina o futebol de seu país, esta é a do Bayern de Munique. Os bávaros atropelaram o Wolfsburg por 6 a 1 e sobram na liderança do nacional. Em Nápoles, a Napoli deixou de lado o retrospecto romano de melhor defesa e venceu a Roma por 1 a 0, precisou apenas de um erro para levar os 3 pontos e encostar na própria Roma na briga pelo segundo posto do italiano. Estes e outros jogos você confere os detalhes AQUI.





E na última sexta-feira, iniciaram-se os Jogos Paralímpicos de Inverno, em Sochi. O Brasil está presente com dois participantes, sendo a primeira vez que o país envia participantes ao evento. Houve grande polêmica sobre a presença de atletas ucranianos, mas os incidentes diplomáticos ficaram de lado e a Ucrânia enviou representantes. Para obter maiores informações sobre estes exemplos de vida através do esporte, confira clicando AQUI.


Até mais!

sábado, 8 de março de 2014

Gols da Semana



Salve Salve nerds!



Sábado você já sabe, é dia dos gols mais bonitos e incríveis da semana. Hoje temos gols de Messi, Touré, Bale e outros, então sem mais delongas, confira os gols no replay:


E você fica também com os principais gols dos estaduais, nos gols da zueira:


Até mais!

sexta-feira, 7 de março de 2014

É Esporte ou Desgraça? - Quadribol



Salve Salve nerds!



Este é talvez um dos posts mais malucos já produzidos pelo blog, até porque falamos de um esporte que na verdade não existe. Mesmo que você seja um fanático pela série Harry Potter, não, Quadribol não existe. Para contar a história fictícia deste esporte, recorremos ao livro "Qadribol Através dos Séculos". Segundo ele, o uso esportivo de vassouras voadoras aconteceu no século X, com a Corrida Anual de Vassouras. Outras modalidades também surgiram, como o Furabexiga, Fogaréu e Rachacrânio, ótimas traduções para o português. O  que seria o Quadribol surgiu com a criação do pomo de ouro, próximo a 1100, sendo ali que os moldes do esporte se tornaram bem próximos aos dos livros da série. Mais uma vez, nada disso é real.
Agora, vamos aos objetos utilizados na prática:

Balaço: Feito de ferro e com 25 centímetros de diâmetro. É magicamente guiado para atacar o jogador mais próximo e o atrapalhar na busca pelo pomo de ouro e pela goles. O balaço pode ser rebatido com um taco, usado pelos batedores, que o direcionam aos adversários.



Goles: É mais parecida com uma bola de futebol, basquete, vôlei e outros esportes, e é passada de mão em mão para os jogadores, que marcam ponto se fizerem a bola passar por um dos arcos.



Pomo de ouro: O pomo de ouro é do tamanho de uma noz e circula o campo de jogo durante a partida. Apenas um jogador de cada equipe, os apanhadores, podem agarrar o pomo. Quem consegue a proeza garante 150 pontos para a sua equipe e a partida se encerra neste momento.



Vassouras: O objeto mais importante para que o jogo ocorra. Logicamente são utilizadas por todos os jogadores. Novamente lembramos, Quadribol não existe tal qual você assistiu nos filmes e leu nos livros.



Seguindo nas regras, são 7 jogadores para cada equipe, que tem 4 funções diferentes. O apanhador, como citado, é o único que pode agarrar o pomo de ouro e esta é a sua função na partida. Já o artilheiro, além do goleiro, é o único que pode manter a posse da goles e arremessa-la dentro dos aros. Como também citado, os batedores desviam o balaço da direção dos seus artilheiros e os enviam aos adversários. Fechando, literalmente, o goleiro. Ele deve evitar que a goles passe por ele e entre em um dos 3 aros. Cada gol vale 10 pontos e agarrar o pomo de ouro 150 pontos. Portanto, o objetivo do jogo é a captura do pomo, porém na hora certa, quando não há uma desvantagem maior do que os mesmos 150 pontos.
O campo onde ocorre o jogo tem 150 metros de comprimento, por 55 de largura, no formato oval. No meio de campo há uma marca, de onde saem as bolas e o pomo de ouro no começo da partida, liberados pelo árbitro.
Em 1994, Harry e seus amigos assistem a final da 422ª edição da Copa Mundial de Quadribol, vencida pela Irlanda contra a Bulgária. A Copa Mundial acontece de 4 em 4 anos assim como as principais competições esportivas.
Se você quer ao menos ter o gosto de jogar o Quadribol, vale a experiência de jogar o Harry Potter no videogame, sendo que lá é possível se jogar o famoso esporte. Clique AQUI para maiores informações.
Tentaram criar a versão esporte de verdade do Quadribol, o que já é uma grande piada, pois não há como reproduzir nem de perto a ação de uma vassoura voadora  num esporte sem vassouras voadoras. Bom, veja abaixo no vídeo essa bizarrice:



Agora, imagens do Quadribol no filme:




Até mais!

quinta-feira, 6 de março de 2014

Super Quarta do Futebol



Salve Salve nerds!




Ontem tivemos incríveis 51 amistosos pelo mundo, contando as 32 seleções que participarão da Copa do Mundo. Vamos para os principais amistosos, no replay:

Começamos com o jogo do Brasil, que viajou até a África do Sul para o seu último teste antes da convocação final de Felipão para a Copa. O Brasil jogou apertando bastante a marcação nos sul-africanos, tanto que aos 9 minutos Oscar recebeu grande lançamento e cara a cara com o goleiro tocou por cima para marcar. A pressão seguiu em todo o primeiro tempo, mas o recuo da seleção de Mandela não dava espaços para as jogadas de velocidade brasileiras. Apenas no final da etapa inicial é que o placar aumentou. Neymar tratou de transformar a vitória magra em um chocolate, marcando 2 gols, um aos 41 minutos e o outro aos 46.
No segundo tempo o domínio tupiniquim seguia, mas de novo a falta de espaço para as jogadas seguia, além do 3 a 0 que já dava uma boa folga e tranquilidade aos jogadores. Querendo mostrar serviço, Fernandinho arriscou de fora da área e acertou um belo chute, marcando o quarto gol do Brasil. Já nos acréscimos, Neymar se consagrou e fez o seu hat-trick na partida, o quinto do Brasil, fechando a conta. Final 5 a 0.
Os gols:


O próximo amisto importante foi entre Alemanha e Chile. Os alemães, jogando em Stuttgart, tiveram vida dura contra os chilenos, que não se intimidaram diante de uma das favoritas ao título mundial. Sanchez e Vidal davam trabalho para a defesa alemã e assustaram o goleiro Neuer. Mas, quem marcou o gol e garantiu a vitória foi Gotze, após passe de Ozil na área. Final 1 a 0.
O gol:


Vamos agora para o Vicente Calderón, onde Espanha e Itália se enfrentaram.  Na estreia de Diego Costa pela Fúria, nada do jogador aparecer, teve uma atuação bem discreta. A Espanha foi melhor que a seleção de Balotelli e aos 18 do segundo tempo Pedro, em sobra de bola, mandou para as redes. Final 1 a 0.


Em outro clássico, França e Holanda se encontraram no Stade de France. Os holandeses não perdiam havia 17 jogos, mas quem dominou e deu show foi a França. Foram dois belos gols, no primeiro Benzema recebeu e com a bola ainda no ar mandou um belo chute sem chances para o goleiro, isso aos 32 minutos de jogo. O segundo não demorou e saiu aos 41, com belo chute, voleio de Matuidi. Os gols:


A bola também rolou para Inglaterra e Dinamarca no Wembley. Melhor em campo, o english team correu atrás do placar, mas parou na defesa sólida dinamarquesa. Quando a partida já parecia caminhar mesmo para o 0 a 0, Sturridge, em grande fase no Liverpool, tratou de garantir a vitória inglesa de cabeça, após cruzamento de Lallana, jovem revelação. Final 1 a 0.
O gol solitário:


Também se preparando para a Copa, o Uruguai foi até a Áustria enfrentar a seleção local. Jogando mal e parecendo sentir a ausência de Cavani, a celeste olímpica ficou apenas no empate contra a modesta seleção austríaca. Marc Janko abriu o placar aos 14 minutos e Álvaro Pereira empatou para o Uruguai aos 21 minutos do segundo tempo. Final 1 a 1.
Os gols:



Em meio aos conflitos políticos, a Ucrânia foi até o Chipre para jogar contra os Estados Unidos. Deixando a crise de lado, os ucranianos não tomaram conhecimento dos americanos, vencendo por 2 a 0, gols de Yarmolenko aos 12 e Devic aos 23 do segundo tempo. Confira os gols:



Uma das possíveis seleções revelação da Copa do Mundo teve também um bom teste. A Bélgica recebeu a Costa do Marfim no Stade Roi Baudouin e estava dominando a partida, tanto que abriu 2 a 0 com gols de Fellaini e Nainggolan, o primeiro aos 17 e o segundo aos 6 do segundo tempo. Aos 29 minutos do segundo tempo, enfim, a Costa do Marfim reagiu. Drogba marcou e na bacia das almas, nos acréscimos, Gradel empatou o jogo que parecia perdido. Final 2 a 2.
Os gols:



Para saber dos outros resultados clique AQUI e para assistir mais gols dos amistosos clique AQUI.


Até mais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...