terça-feira, 30 de setembro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!



Voltamos para os principais vídeos esportivos encontrados esta semana. Iniciamos falando de beisebol, que terá a aposentadoria do astro Derek Jeter, do New York Yankees. Jeter era o capitão da equipe e jogou 20 temporadas na MLB, 11 como capitão dos Yankees. Ele ganhou vários prêmios individuais, como melhor catcher, que é o jogador que usa a luva para agarrar a bola, ou como melhor atleta de todas as posições. Ele ainda foi campeão 5 vezes da World Series, que é como são chamadas as partidas da final da Major League Baseball. Após o currículo de Derek Jeter, veja abaixo, em lego, os 10 melhores momentos da carreira do jogador:


Ainda nos Estados Unidos, um jogador de futebol resolveu ver como andava a sua moral com o público. Clint Dempsey, que joga no Seattle Sounders, perguntou para as pessoas o que elas achavam do futebol da seleção americana e principalmente do capitão, ele mesmo, Dempsey. Mas, a memória dos entrevistados estava curta e pelo visto o esporte precisa melhorar a sua propagação no país para os jogadores serem reconhecidos nas ruas. Confira:



No Mundial de Ciclismo, em Ponferrada, na Espanha, as mulheres haviam acabado de largar e partiam para mais de 100 quilômetros de corrida. Porém, uma das ciclistas caiu e provocou um acidente ao estilo efeito dominó. A queda da atleta causou um acidente com mais de outras 20 ciclistas envolvidas. Por sorte, nada de muito grave aconteceu, mas ficam as imagens desse boliche humano:



Voltando a falar de beisebol, onde o time de Tom Wilhelmsen, o Seattle Mariners, foi eliminado da MLB após 85 vitórias e 75 derrotas. Mas, com muita irreverência, Tom resolveu mostrar que existe alegria até quando se é eliminado. Confira a dancinha:


Restando pouco menos de 2 anos para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o Brasil já preparou a sua propaganda para a competição. Mesmo com as obras não terminadas e os participantes não definidos ainda, o clima dos jogos já começa a se instalar nos brasileiros, ao menos na propaganda. Confira:



Se o futebol não é o mesmo de outros anos, o reconhecimento e a fama de Ronaldinho seguem intactos no México, onde atualmente joga. Em homenagem ao jogador, a banda tradicional Los 3 Tigres Tristes criou a música Llego Ronaldinho. Veja se eles também merecem aplausos como o R10 merece em campo:



Até mais!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um..... Combo de Final de Semana!

Iniciamos os trabalhos falando do UFC 178, que teve como luta principal o confronto entre Demetrious Johnson e Chris Cariaso. Johnson dominou o confronto e não deu chances a Cariaso, que pouco acertava golpes e era facilmente derrubado. Por fim, no segundo round o lutador não resistiu e perdeu por finalização com 2 minutos e 29 segundos. Confira os detalhes de todas as lutas deste evento clicando AQUI no post do Arthur.



Segue o combo e agora falamos de Moto GP, em etapa no circuito espanhol de Aragão. A corrida teve muitas brigas desde o começo e acidente forte de Valentino Rossi, que precisou ir ao hospital para maiores exames. Os favoritos foram errando e a briga esteve entre Marc Marquez e Dani Pedrosa. Porém, contudo, entretanto, todavia, começou a chover no circuito, mudando os panoramas da corrida de número 800 da história da categoria. Jorge Lorenzo foi para os boxes trocar a moto com pneus de chuva para prosseguir, enquanto Pedrosa e Marquez arriscaram mais tempo na chuva até escaparem e perderem as chances de vitória. Assim, caminho limpo para Lorenzo vencer após 1 ano. Os detalhes desta boa prova da Moto GP você confere clicando AQUI.



E neste final de semana tivemos a decisão do Torneio Intercontinental de Basquete entre clubes, com o Flamengo enfrentando o Maccabi Tel Aviv. A equipe carioca havia perdido o primeiro jogo por 69 a 66 e precisava de um saldo de pontos maior do que 4 pontos para ser campeão. Na segunda partida, o mengão jogou bem melhor e venceu por 90 a 77, com ótimas atuações de Nico Laprovitolla e Jerome Meyinsse. Assim, a equipe conquista todos os títulos possíveis que um clube de basquete pode ter. Vale a lembrança de que as equipes da NBA não participam do Torneio Intercontinental. 



Ainda no basquete, o Brasil joga o Mundial Feminino, que está sendo disputado na Turquia. Se no masculino as chances eram interessantes de classificação, no feminino as dificuldades para se classificar estão cada vez maiores. A seleção perdeu as 2 partidas que disputou, contra República Tcheca e Espanha. Diante das espanholas, o massacre foi maior, se no primeiro jogo a derrota foi por 68 a 55, no segundo o placar foi 83 a 56. No primeiro quarto o time brasileiro até foi bem, vencendo por 13 a 12, porém nos quartos seguintes a equipe desandou em quadra e viu o show espanhol acontecer. O ataque das brasileiras era pouco eficiente e a dificuldade para marcar era grande, enquanto as adversárias ampliavam o placar e acertavam os arremessos de 3 para desanimar ainda mais as brasileiras. Agora, a seleção precisa vencer o Japão para seguir na competição e passar em terceiro lugar amanhã.
Confira os melhores momentos da partida abaixo:



Fechamos com a vigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado, o Sport fez o pior jogo da rodada contra o líder Cruzeiro, 0 a 0. Na Arena Condá, a Chapecoense fez o clássico local diante do Criciúma. E o jogo ficou na igualdade, gol de Leandro para o time da casa e Souza, aquele mesmo, para o Criciúma Dortmund. No confronto pelo G-4, o São Paulo recebeu o Fluminense e tropeçou. O tricolor carioca foi superior, abriu o placar com Fred e mesmo diante do gol de empate marcado por Pato, o fluzão virou e ampliou com Wagner e Conca. Todos os gols curiosamente ocorreram na segunda etapa. Em partida muito ruim, o Atlético Paranaense venceu o Corinthians após pênalti infantil cometido por Elias. Cléo cobrou e fez o gol, 1 a 0. Diante do fechado Vitória, o Atlético Mineiro venceu e entrou no G-4 em gols de Diego Tardelli e Guilherme. Já os baianos seguem na zona de rebaixamento em décimo oitavo lugar.
Na Fonte Nova, jogo não tão bom tecnicamente, mas com gols entre Bahia e Flamengo. O time baiano começou mais ligado e fez dois gols com Emanuel Biancucchi, um no primeiro e outro no segundo tempo. O Flamengo acordou apenas na metade final do jogo e fez um gol com Eduardo da Silva, que não foi suficiente para evitar a derrota. Final 2 a 1. Com grande atuação de Barcos, o Grêmio visitou o Botafogo no Maracanã e saiu vitorioso. O pirata marcou os dois gols do time gaúcho e o colocou diretamente na briga pelo G-4, em quinto lugar. O outro time gaúcho, Internacional, não perdoou o Coritiba, que se afunda no último lugar. D'Alessandro abriu o placar e Leandro Almeida chegou a empatar, porém Alex marcou e Eduardo Sasha ampliou. Zé Eduardo diminuiu e Eduardo Sasha, de novo ele, fechou o placar, 4 a 2. No Orlando Scarpelli, o Figueirense recebeu o Palmeiras. O verdão abriu o placar com Cristaldo e poderia ter ampliado com Valdivia, que ao invés de chutar ao gol tocou a bola para o lado.No segundo tempo, o Figueirense parecia não conseguir reagir, até que em 4 minutos, dos 31 aos 35, fez 3 gols. Clayton, duas vezes, e Marcão fizeram a virada inesperada e deixaram o Palmeiras ainda no rebaixamento. No Pacaembu, o Santos recebeu o Goiás. O peixe saiu na frente no primeiro tempo, com gol de David Braz, que de forma bem estranha homenageou o filho fazendo a simulação de um parto com uma bola de futebol. O segundo tento foi anotado por Geuvânio e o assistente ao lado do gol não viu a bola entrar em chute de Esquerdinha, que seria gol do Goiás. Final 2 a 0.
Os gols da rodada você confere no Gols da Zueira:



Até mais!

domingo, 28 de setembro de 2014

UFC 178 Johnson vs. Cariaso


Salve Salve Nerds!

MMA e Arthur são sinônimos aqui no Nerd Esporte.
Neste último sábado aconteceu um sensacional evento de MMA, o UFC 178 realizado no MGM Grand Garden Arena em Las Vegas. Muito mais celebrado por suas lutas no recheio do card que no main-event.

Fotos: Getty Images
Demetrious Johnson venceu Chris Cariaso por finalização aos 2m29s do R2

Essa luta foi um monólogo, o desafiante não apresentou nenhuma resistência, Johnson definiu onde a luta iria ficar, se ele sentia que Cariaso poderia fazer alguma coisa em pé colocava no chão, se ele via alguma resistência no chão mudava a posição e retomava o controle da luta.
No segundo round acho que Chris Cariaso já meio que desistiu de fazer algo, quando foi quedado ficou imóvel, até que Demetrious pegou uma bela Kimura, fazendo o movimento certinho, não dando chance de defesa ao adversário.
O caminho para Demetrious tem sido médio em 2014, sem enfrentar um grande lutador nesse ano, o próximo desafio deverá ser John Dodson, excelente lutador que é o único possível para competir em velocidade com o campeão.

Donald Cerrone venceu Eddie Alvarez por decisão unânime

Essa luta foi muito parelha nos dois primeiros rounds, o primeiro decidido por um boa sequencia de Eddie Alvarez, o segundo decidido pelos chutes na perna e joelhadas no corpo aplicados por Cerrone.
No terceiro round Donald Cerrone percebeu que os chutes na coxa do adversário estavam incomodando muito e investiu muito nessa parte, aplicando até um leg-kick kcnockdown e ficando por cima decretando sua vitória.
Alvarez chegou com muito prestígio no UFC, porém o ex-campeão do Bellator enfrentou um cara que está muito forte e vem limpando vários nomes na categoria. Para Cerrone o próximo passo deve ser o invicto russo Khabib NurmagoMEDOv. Já Alvarez deve voltar e pensar em evoluir aos poucos na categoria.

Conor McGregor venceu Dustin Poirier por nocaute técnico a 1m46s do R1

Essa luta começou com a provocação típica de Connor McGregor, mãozinha chamando pro pau e tudo deste tipo, chutes altos bem soltos, boa aproximação e sempre controlando bem a distancia, saindo dos ângulos tradicionais de ataque, McGregor deu um soco que pegou estranho e deu certo, continuou batendo até a interrupção do título.
Connor McGregor é um nome para se ficar de olho, o sucessor de Chael Sonnen no trash-talking vai causar muito na categoria dos pesos-penas. No fim da luta Connor ainda desafiou José Aldo para uma luta pelo título, é muita publicidade para um peso-pena só.

Yoel Romero venceu Tim Kennedy por nocaute técnico a 58s do R3

Yoel Romero chegou nessa luta aplicando sua trocação e esperando que Tim Kennedy tentasse alguma coisa na luta olímpica, arte que o cubano havia conquistado medalha de prata em 2000. O primeiro round foi basicamente isso, bons golpes e boa defesa de quedas.
No segundo round Romero continuou nesta tática, mas Kennedy tentou ser mais agressivo, dando mais combate, no fim do round Kennedy achou uma bela sequencia, deixando o adversário grogue. No intervalo o cubano ficou mais do que um minuto sentado no córner, prejudicando o adversário, que teve menos tempo para se recuperar.
O terceiro round foi apenas ofensividade de Romero, que começou com um porradão que se desenvolveu até o fim da luta.
Com este resultado Romero tem boas chances de consolidar seu nome no topo da categoria, já Kennedy tem uma popularidade que deixa ele bem tranquilo em relação a sua posição na categoria.

Cat Zingano venceu Amanda Nunes por nocaute técnico a 1m21s do R3

Alucinante, talvez esse seja o melhor adjetivo para essa luta. No primeiro round, Zingano tentou uma queda que Amanda reverteu e passou a maioria do round pressionando por cima, mas faltando quase um minuto para o fim a brasileira tentou uma chave de perna, fail, com isso Zingano inverteu a posição e quase finalizou a brasileira, mas ainda assim Amanda ganhou o round.
No segundo e terceiro rounds a americana não deu chances para o azar, quedou e amassou Amanda, não deixando a brasileira reagir, no fim do terceiro round o juiz interrompeu a luta, coroando a grande atuação de Cat Zingano.
Para a próxima luta da americana espera-se que finalmente ela enfrente a campeã Ronda Rousey, depois de uma série de lesões e um trágico suicídio do marido.

Resultados do Card Preliminar:
Dominick Cruz venceu Takeya Mizugaki por nocaute técnico a 1m01s do R1

O caso de Dominick Cruz é particularmente curioso e triste de certa forma. Um campeão que perdeu seu cinturão por consequência de uma série de lesões de quase 3 anos e o evento precisava que a manutenção do cinturão continuasse.
Quanto à luta, Cruz não deu chances para Mizugaki, aplicando jabs na distancia o ex-campeão esperou pouco para lançar o adversário para baixo, quando fez isso aplicou uma bela queda e moeu o japonês no ground and pound, voltando assim de maneira sensacional.
Depois de todo esse tempo de inatividade Dominick perdeu um pouco da sua movimentação espetacular, mas é totalmente compreensível. O seu nome já deve ser ventilado para uma próxima disputa de titulo, se ele não quiser isso é provável que em até três lutas ele volte a disputar o cinturão que ele perdeu fora do octógono.

Outros Resultados:
Jorge Masvidal venceu James Krause por decisão unânime
Stephen Thompson venceu Patrick Cote por decisão unânime
Brian Ebersole venceu John Howard por decisão dividida
Kevin Lee venceu Jon Tuck por decisão unânime
Manny Gamburyan venceu Cody Gibson por finalização aos 4m56s do R2
Curtam e comentem aqui em baixo. :)
Até Mais!

sábado, 27 de setembro de 2014

Gols da Semana



Salve Salve Nerds!



Hoje trazemos os 10 gols mais bonitos da semana, que foi caprichada com grandes e desconhecidos marcando golaços. De Di Maria a Zorbas o cardápio está completo e inspirador futebolisticamente. Confira abaixo:



Até mais!

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Brasileirão 2014 - Rodada 24



Salve Salve Nerds!



Estamos de volta aqui para relatar como foi a vigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro, de forma breve, sucinta e clara. Começamos falando dos jogos de quarta-feira, com o Cruzeiro visitando o Coritiba no Couto Pereira. O líder do campeonato foi rápido e logo aos 7 minutos abriu o placar com Marcelo Moreno de pênalti. Já o coxa seguiu dominado pelo time celeste e levou o segundo gol aos 38 minutos, desta vez com Everton Ribeiro. A diminuição do prejuízo chegou com Martinuccio, porém o time paranaense reclamou de pênalti não marcado em Zé Love. Final 2 a 1 e líder mais isolado ainda. No outro jogo das 19:30, tivemos o Internacional recebendo o Criciúma no Beira-Rio. A equipe gaúcha dominou o jogo e venceu tranquilo por 3 a 0, gols de Eduardo Sasha, D'Alessandro e Araguiz. Rafael Moura ainda perdeu um pênalti e não piorou a situação do agora lanterna Criciúma.
No duelo entre nordestinos, o Bahia foi mais porreta e venceu o Sport com gol de Railan, se afastando do Z-4 e deixando o Sport mais longe dos líderes. Em um jogo entre equipes do meio para baixo da tabela, a Chapecoense fez valer o fator casa e atropelou o desacreditado Atlético Paranaense. O verdão fez 3 a 0, tentos anotados por Bruno Silva, Camilo e Leandro. Em uma partida horrível e que quase virou o pior jogo da rodada, o Figueirense venceu o Corinthians por 1 a 0 com gol de Marcão aos 38 minutos da segunda etapa. Na partida mais disputada da rodada, o São Paulo encarou o Flamengo no Morumbi. O tricolor começou melhor e logo conseguiu um pênalti digno de Oscar para Alexandre Pato. Rogério Ceni cobrou e converteu, 1 a 0. Aos poucos o espaço apareceu e o Flamengo foi pra cima, empatando em falha de Rogério Ceni, que espalmou a bola para os pés de Everton, que não desperdiçou, 1 a 1. A partida seguiu com o mengão melhor e criando mais oportunidades, porém o tricolor paulista se segurava. Aos 42 da segunda etapa, Alecsandro apareceu e definiu, 2 a 1. Na bacia das almas, aos 45 minutos, Luis Fabiano empatou o jogo que parecia perdido, 2 a 2.
O jogo não tão bom da rodada, que terminou zerado no placar, ficou no quase por várias vezes, mas nada de a bola entrar foi o empate entre Fluminense e Grêmio. Em recuperação, o Botafogo recebeu o Goiás e conseguiu importantes 3 pontos depois do gol de Bolívar. Emerson ainda perdeu um pênalti a favor do fogão. Na partida dos desesperados, o Palmeiras conseguiu se recuperar da surra que foi o 6x0 diante do Goiás e venceu o Vitória por 2 a 0, gols feitos por Lúcio, de nuca, e Henrique. Mesmo vencendo, as equipes estão na zona de rebaixamento. Fechando a rodada, a torcida do Atlético Mineiro deu exemplo e gritou o nome do goleiro Aranha, do Santos, que havia recebido insultos racistas de torcedores do Grêmio. No jogo, o galão da massa foi melhor e chegou a fazer 3 a 0 com 2 golsl de Diego Tardelli e um contra de Cicinho, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa o peixe melhorou e quase conseguiu o empate, fazendo dois gols com Thiago Ribeiro e Geuvânio, Final 3 a 2 galo, que entra no G-4.
Os gols da rodada você confere abaixo no Gols da Zueira:


Até mais!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Youtube Esportes



Salve Salve Nerds!



Você já deve ter acessado o youtube alguma vez e tentado procurar um conteúdo diferente para assistir com relação ao esporte, mas nem sempre encontrou algo diferente do normal que é exibido na televisão. Por isso, tentaremos trazer algumas dicas de canais no maior site de vídeos do mundo que possam lhe agradar.

Desimpedidos:


É o canal ao qual sempre colocamos os gols da rodada do Campeonato Brasileiro. Além das narrações do narrador virtual do Google, o Desimpedidos trás ainda um vídeo semanal com Felipe Andreolli falando de lances futebolísticos, sejam melhores gols de bicicletas até faltas mais fortes cometidas. Há também um tutorial de futebol freestyle, recentemente vídeos do Partido da Zueira, com candidatos do universo futebolístico concorrendo às eleições. No sábado há um vídeo onde os editores e apresentadores dos vídeos da semana comentam a repercussão deles e o resumo do brasileirão. Confira abaixo um dos vídeos com Felipe Andreoli:




Acelerados:


Falamos agora de automobilismo, com um canal recentemente criado mas que já tem vários vídeos muito bons e bem produzidos. Este é o Acelerados, um canal que testa carros com Rubens Barrichello e conversa com Luciano Burti sobre os automóveis que ele usava no dia a dia. Além disso, há especiais falando de histórias até então esquecidas do automobilismo brasileiro e desafios para testar pilotos e máquinas. Veja a história do campeão do antigo Campeonato Brasileiro de Marcas de 1992 no vídeo:



Falha de Cobertura:


Outro canal que fala sobre futebol, o Falha de Cobertura trás análises de jogos no futebol nacional e internacional, porém com bom humor e com apresentadores personagens, que dão o tom humorístico e falam do futebol de uma maneira diferente, não tão séria mas ao mesmo tempo não esquecendo de falar dos resultados e destaques da rodada. Vale a pena conferir e se divertir com as piadas e trapalhadas dos apresentadores:





Há também os canais oficiais de várias categorias, que disponibilizam ao menos os melhores momentos de partidas e campeonatos. Começamos com o dos Jogos Olímpicos ,que trazem os destaques das últimas competições que organizam, sejam Jogos de Inverno, Verão, Universitários e etc. Há também especiais produzidos sobre competições mais antigas realizadas pelo Comitê Olímpico.




A NBA também conta com seu espaço no youtube, lá coloca os melhores lances das temporadas, os melhores lances por equipes na temporada, homenagens a atletas aposentados, entrevistas e muito mais. Para você que é fã da maior liga de basquete do mundo é uma boa oportunidade de matar a saudade na inter temporada:




O Baseball é pouco difundido no Brasil, porém em outros países é um esporte muito popular e que atrai muitos fãs. No canal da Major League Baseball é possível, além de ver lances de atletas e equipes, acompanhar hangouts e conversas mais descontraídas sobre o esporte, algo pouco visto e feito por grandes entidades do esporte. Confira:



Como são muitas categorias e devemos provavelmente ter esquecido de canais que difundem o esporte, deverá haver um post semana que vem acrescentando mais dicas. Portanto, se você conhece algum canal que não foi citado, seja um canal normal ou oficial de uma categoria poderá nos responder nos comentários ou nerdesporte@gmail.com


Até mais!

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!



Hoje trazemos os destaques da semana em vídeos esportivos. Começamos falando de barba, um mestre das barbas resolveu dar dicas ao jogador de basquete James Harden, que se destacou, além do talento, pela volumosa barba. Tudo isso é uma propaganda para o novo sistema de reconhecimento de faces do novo NBA 2K15. Confira:




O tenista Jarmere Jenkins estava disputando o torneio Future Costa de Mesa, na Califórnia, ao qual inclusive foi campeão. Mas, na semifinal, o atleta conseguiu uma façanha ao tentar pular a rede da quadra. Veja o tombo do americano:


Semana passada mostramos uma obra de arte, digo, golaço no futsal. Hoje, trazemos um golaço vindo da Alemanha, marcado pelo lateral do Bayern de Munique B, Ylli Sallahi. O lateral simplesmente deu dois chapéus nos adversários e teve frieza suficiente para limpar os zagueiros e marcar o gol. Veja no replay:



Comemorações são das coisas mais comuns no futebol e no esporte. No jogo entre Roma e Cagliari, Alessandro Florenzi marcou e correu para a arquibancada, no entanto procurou e achou sua avó, que estava no estádio e foi abraçada por ele. Veja este gesto de gratidão do jogador:


No México, Ronaldinho Gaúcho vai fazendo sucesso e até marcou seu primeiro gol. No intervalo do jogo entre o Querétaro, time do R49, e o Chivas, Darth Vader apareceu para tentar deixar menos amarga a derrota do Chivas por 4 a 1. Confira a atuação do Lord Sith para distrair os torcedores:




Até mais!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um.... Combo de Final de Semana!

Iniciamos os trabalhos falando de Fórmula 1, com corrida no iluminado circuito de Cingapura. E por lá quem teve sorte foi Hamilton, que venceu e ainda contou com um abandono do rival e companheiro de equipe Rosberg. Em segundo e terceiro desta não tão animada prova ficaram Vettel e Ricciardo. Felipe Massa terminou em quinto sem criar nem ser ameaçado. Todos os detalhes desta prova você confere na Colúnia Esportiva.




Seguimos agora com o Mundial de Vôlei, que teve a sua decisão entre Polônia, a dona da casa e o Brasil, tentando o tetracampeonato mundial. A seleção brasileira começou bem e até venceu o primeiro set por 25/18, porém cedeu a pressão da torcida que lotou o ginásio e acabou perdendo os 3 sets seguintes em parciais de 25/22, 25/23 e 25/22. Assim, a Polônia conquista um título mundial depois de 40 anos, enquanto o Brasil reclamou bastante do regulamento alterado e que beneficiaria o primeiro lugar geral mas acabou sendo benéfico para os poloneses. Em quadra, a Polônia mereceu, portanto nossos parabéns aos campeões. 


Falamos agora de Campeonato Brasileiro, que teve rodada movimentada, com muitos gols e clássicos. No sábado, mesmo com muita chuva em Curitiba, o Atlético recebeu o Internacional. Os colorados conseguiram o gol da vitória com Rafael Moura, que não marcava haviam 9 partidas. Final 1 a 0. Em Dortmund, o Criciúma recebeu o Botafogo, ambos precisando de um bom resultado para evitarem mais riscos no Z-4. E com 2 pênaltis, um convertido por Zeballos e outro pelo deus do futebol Paulo Baier, o jogo ficou no 1 a 1. Já no domingo, clássico mineiro com mais de 55 mil presentes para ver Cruzeiro e Atlético. O galão da massa começou melhor e fez logo 2 a 0 com Carlos e Diego Tardelli. No final do primeiro tempo e começo da segunda etapa o Cruzeiro acordou e empatou o jogo com Ricardo Goulart e Alisson em um belo voleio. No entanto, no último minuto, Carlos tratou de colocar o galo de novo na frente e fez o gol da vitória, final 3 a 2. 
Já no clássico baiano, o Bahia começou na frente com Kieza, porém o Vitória correu atrás do prejuízo e virou em gols de Kadu e Luiz Gustavo. Com o resultado, o rubro negro baiano saiu da zona de rebaixamento. No duelo carioca, Flamengo e Fluminense ficaram na igualdade, com gol de Eduardo da Silva para o mengão e de Fred para empatar aos tricolores. Final 1 a 1. Em jogo pouco movimentado, o Sport venceu o Coritiba, gol de Felipe Azevedo. O coxa está em décimo sétimo e volta a zona de rebaixamento. No outro clássico da rodada, o Corinthians recebeu o São Paulo na sua arena. O timão foi melhor na maioria do jogo, porém falhou na defesa e levou gol no começo de jogo após falta cobrada por Kaká, Souza anotou. Reagindo, o Corinthians trabalhou mais a bola e em lance polêmico, o juiz marcou pênalti após a bola bater na mão do zagueiro Antonio Carlos. Fábio Santos cobrou e empatou. Falhando novamente na cobrança de falta de Kaká, a defesa viu Edson Silva livre completar para as redes, 2 a 1. Na segunda etapa o tricolor se recuou mais e viu o alvinegro tomar todas as atitudes do jogo. Aos 20 minutos, Álvaro Pereira deu uma tesoura em Guerrero na área, outro pênalti e o são paulino foi expulso. Fábio Santos, de novo ele, cobrou e não errou, 2 a 2. Oito minutos depois, Danilo fez jogada com Guerrero e deu ótimo passe para o atacante marcar o tento da virada, 3 a 2 e importante vitória que mantém o coringão no G-4.
No Rio Grande amado, o Grêmio venceu a Chapecoense em jogo morno e parado, gol marcado por Dudu. No Serra Dourada, o Massacre do Goiás Elétrico. Em partida totalmente atípica, o Goiás jogou o seu melhor futebol e contou com uma apatia também impressionante do Palmeiras. O resultado foi mais um trauma na história palmeirense, 6 a 0, gols de Ramon, Esquerdinha, Erik, David, Thiago Mendes e Wellington Júnior, ufa. O Palmeiras caiu para a lanterna do campeonato. Fechando a rodada, o Santos recebeu o Figueirense e teve trabalho. O peixe abriu o placar com Leandro Damião e levou o empate com Giovanni Augusto. Mas, em belo gol de Robinho e outro gol anotado por Lucas Lima o Santos venceu e se mantém no meio da tabela. 
Os gols da rodada no Gols da Zueira:


Até mais!

domingo, 21 de setembro de 2014

Colúnia Esportiva 49 - Taca-lhe Pau Hamilton!



Salve Salve Nerds!


Na qualificação, o Q1 foi dominado pela Ferarri, mais rápida com Alonso e Raikkonen. Ficaram de fora da primeira parte Sutil, Maldonado, Bianchi, Chilton, Ericsson e Kobayashi. Já no Q2, as Mercedes voltaram a ponta e deixaram as Ferrari na segunda fila. De fora ficou Button, mal novamente, Vergne, Hulkenberg, Gutierrez, Perez e Grosjean. Na briga pela pole position, o Q3, Felipe Massa era o pole position até o cronometro zerar, mas na última volta do restante dos 10 pilotos, Hamilton conseguiu superar Rosberg por 0.007 segundo e conseguiu a pole. Em terceiro ficou Ricciardo, quarto Vettel, quinto Alonso, sexto Massa, sétimo Raikkonen, oitavo Bottas, nono Magnussen e décimo Kvyat. 



Ainda na volta de apresentação, Nico Rosberg não conseguiu sair com o carro, já que o motor morreu. Assim ele largou dos boxes em último lugar ao invés de segundo. Kobayashi teve problemas de motor ainda na volta de apresentação e abandonou. Na largada, Hamilton manteve a ponta e Alonso pulou pra segundo, porém passando dos limites da pista devolveu posição para Vettel. Felipe Massa não largou tão bem do quinto posto, porém na briga entre as Mclarens de Magnussen e Button ele recuperou duas posições e ficou em sexto. Depois das brigas nas duas primeiras voltas, pouca emoção e ultrapassagens na frente do grid. Rosberg seguia com problemas no carro, com as marchas tendo problemas e prejudicando o seu tempo de volta bastante. Na nona volta, Sutil foi o primeiro a passar nos boxes. A prova realmente caminhava com pouquíssimas brigas e nada de ultrapassagens. 

Top 5 com Hamilton, Vettel, Alonso, Ricciardo e Raikkonen. Na estratégia dos pits, Felipe Massa ganhou a posição de Kimi Raikkonen. Hamilton mesmo antes dos pits abriu 6.6 segundos para Vettel, corrida na mão com 13 voltas. E após os pits, Raikkonen encostou em Massa na briga pela oitava posição, pois nem todos haviam feito os pit stops. Rosberg foi aos boxes e colocou o seu quarto volante na prova para tentar fazer funcionar o carro de maneira correta, porém nada do bólido funcionar, por isso a equipe decidiu recolher o carro e o alemão abandou, correndo grande risco de perder a liderança do campeonato para Hamilton, caso ele vencesse a corrida. Com a nova regra punindo as equipes por darem informações maiores pelo rádio, poucas são as conversas mostradas pela transmissão que façam alguma diferença. Enfim, acordamos aqui e depois de uma misteriosa tela preta na transmissão, Fernando Alonso ficou mais próximo de Vettel em uma possível briga pelo segundo lugar. A diferença entre os dois caiu para 2 segundos. Diferença entre Vettel e Alonso caiu para quase 1 segundo, o suficiente para poder se utilizar a asa móvel. As Williams pararam antes e colocaram os pneus macios, os mais duros da prova, talvez não parando mais até o final. Parando antes, Alonso conseguiu ganhar a posição de Vettel e assumindo o terceiro lugar. Ricciardo, então líder, parou e voltou em quarto. Fernando Alonso vinha voando, fazendo melhor volta da prova e a 4 segundos do líder Hamilton. 

Em estratégia diferente, Jenson Button vinha arriscando fazer apenas dois pit stops, porém ia muito mais lento que os adversários próximos. Por isso, Felipe Massa vinha encostando no inglês, tirando mais de 1 segundo de diferença por volta. 
Perez colidiu com Sutil em tentativa de ultrapassagem e acabou destroçando o bico do carro totalmente, trazendo o tão esperado Safety Car. O carro de segurança esteve presente em todas as provas de Cingapura na história. Muitos carros foram para os boxes tentando mudar a estratégia de prova e quem sabe ganhar posições no final. Top 5 durante os pits e na volta 33 era Hamilton,Vettel, Ricciardo, Alonso e Massa. Enfim, na volta 38, o Safety Car saiu e tivemos a relargada com Hamilton na liderança tranquilo, seguido por Vettel, Ricciardo, Alonso e Massa. Em uma volta, Hamilton já abriu mais de 3 segundos, o restante está ainda bem próximo. Todos os pilotos da frente do grid não precisariam fazer mais pit stops, exceto Hamilton, que ainda necessitava colocar o pneu macio. Hamilton abriu 12 segundos para Vettel, portanto ainda poderia conseguir vantagem suficiente para voltar na liderança após o pit stop. Briga mortal por posições entre Maldonado, Grosjean e Perez. Maldonado aparentemente abriu a asa móvel sem ter algum adversário 1 segundo a sua frente. Com o intenso calor, Kvyat reclama da água que esquentou no seu carro e que ele precisaria tomar. Diferença entre Hamilton e Vettel em 18 segundos, não suficiente ainda para o inglês voltar em primeiro. 

Na briga pela sexta posição, Bottas vinha com problemas na direção hidráulica e era seguido por Button e Raikkonen. Restando 10 voltas, Hamilton tinha 24 segundos de vantagem para Vettel, porém os pneus do inglês se esfarelavam e com o pit stop a fazer ele voltaria em quarto lugar. Na volta 52, Hamilton foi para os boxes. E o inglês voltou atrás apenas de Vettel, mas pressionado por Ricciardo e Alonso, que tinham pneus velhos. E muito mais rápido, Hamilton chegou sobrando pra cima de Vettel, que não teve como resistir. Tentando passar Bottas, Button teve problemas no carro e abandonou.Restando 6 voltas, Vettel, Ricciardo e Alonso seguiam na briga pelo segundo lugar, pois Vettel tinha pneus ruins. Nada de brigas com direito a escapada de Bottas na última volta. Vence Lewis Hamilton em uma prova bem parada e monótona! O inglês assume a liderança do campeonato agora com 3 pontos a mais que o novo vice-líder Rosberg. Em segundo na prova ficou Vettel, terceiro Ricciardo, quarto Alonso, quinto Massa, sexto Vergne, punido com 5 segundos e assim caindo para nono, sétimo Perez, oitavo Perez, nono Hulkenberg e décimo Magnussen. 



A F1 volta daqui duas semanas em Suzuka, no Japão, para termos mais emoção na categoria.

Até mais!

sábado, 20 de setembro de 2014

Gols da Semana



Salve Salve Nerds!



Estamos de volta com os 10 gols mais bonitos desta semana. Parecia que eles não seriam lançados pelos gajos da TV Golo, mas aí estão. No entanto, é complicado falar de 9 gols diante de um verdadeiro golaço, que de cara chama a sua atenção. Confira e identifique qual o gol que estamos falando:


Até mais!

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Brasileirão 2014 - Rodada 22




Salve Salve Nerds!



Nesta sexta-feira falaremos da vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, com partidas disputadas e surpresas. No Barradão, o Vitória recebeu o embalado Fluminense, que abriu o placar com Cícero ainda no primeiro tempo. A partida estava equilibrada, mas com maior controle do Fluminense, até aos 21 minutos do segundo tempo, quando Dinei empatou. Quatro minutos depois, William Henrique virou e 5 minutos depois Vinicius ampliou e consolidou a virada totalmente inesperada do último colocado do campeonato. Final 3 a 1. No Mineirão, o Cruzeiro voltou a vencer diante do Atlético Paranaense, que venceu apenas duas vezes fora de seus domínios. Não foi desta vez para os paranaenses, que perderam com gols de Alisson e Marcelo Moreno, o artilheiro do campeonato com 11 gols. No primeiro jogo terrível e de doer os olhos da rodada, o Internacional ficou no 0 a 0 com o Sport. Em Florianópolis, o Figueirense recebeu o Criciúma Dortmund, que abriu o placar com Silvinho aos 45 do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Criciúma dormiu na partida e levou o empate em cabeçada de Thiago Heleno. Final 1 a 1.
No Pacaembu, o Palmeiras recebeu o Flamengo e precisando vencer para não entrar na zona de rebaixamento. Mas, o time carioca começou melhor e abriu o marcador com Canteros em bela jogada. O segundo gol flamenguista foi polêmico, com Eduardo da Silva aparentemente ajeitando a bola com a mão e tocando para Alecsandro ampliar. O Palmeiras correu atrás do resultado e marcou com Diogo e Victor Luis, porém não evitando a entrada no Z-4. No Couto Pereira, o desesperado Coritiba encarava o animado São Paulo. Os tricolores foram melhores no começo, criando mais e sendo mais rápido nas jogadas com Pato, Ganso e Kardec. No final da primeira etapa, Michel Bastos aproveitou sobra de bola na entrada da área e chutou rasteiro para abrir o placar. O Coritiba foi ao ataque, colocando Joel, Dudu e Hélder no setor ofensivo. Aos 14 minutos, Hélder aproveitou a bola na intermediária e mandou forte chute para empatar, Joel, o Cruel, aproveitou sobra do chute de Hélder e virou o jogo. Após a virada tão rápida, o São Paulo ficou perdido em campo e até tentou reagir com Luis Fabiano em campo. Porém, aos 40 minutos, Joel aproveitou falha da defesa e avançou, driblou o goleiro e marcou o terceiro do coxa, para na comemoração cair no túnel de entrada do vestiário. Final 3 a 1 e Coritiba fora do Z-4.
No Maracanã, jogo confuso entre Botafogo e Bahia. Aos 30 minutos da primeira etapa, o Botafogo abriu o placar com Emerson, porém Dankler fez contra no minuto seguinte e empatou para os baianos. No final da primeira etapa, Emerson, de novo ele, virou o jogo. Na segunda etapa o time carioca desandou no jogo em 2 minutos, com Ramirez expulso direto por falta desleal e Emerson pela segunda falta forte e recebendo o segundo amarelo. Após duas expulsões, restou ao Botafogo se defender, porém Maxi Biancucchi e Branquinho fizeram os gols da virada baiana. Final 3 a 2 e muitas reclamações de Emerson com a arbitragem e a CBF. Em outro 3 a 2, o Atlético Mineiro começou atropelando o Goiás e fazendo 3 a 0 com dois de Guilherme e um de Carlos. O time da casa reagiu e quase buscou o empate, marcando gols com Erik e Jackson. Na sua arena, o Corinthians recebeu a Chapecoense e acabou perdendo dois pontos importantes. Malcom até abriu o placar para o timão, porém Ferrugem jogou contra o próprio patrimônio e fez gol contra. Final 1 a 1. No outro jogo tão ruim quanto não ver este post, o Grêmio ficou no 0 a 0 com o Santos.
Os gols da rodada você confere abaixo no Gols da Zueira:



Até mais!

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

NBA Street



Salve Salve Nerds!



Hoje falamos de um quase irmão do FIFA Street, o NBA Street, que levou a ideia do Basquete de Rua para os consoles pela primeira vez. O jogo foi desenvolvido pela EA Sports do Canadá, lançado em 2001 no Playstation 2 e 2002 no GameCube. Nos anos seguintes vieram o 2 e 3 ainda para Playstation 2 e uma quarta versão, o Homecourt, que já saiu em 2007 para Playstation 3. Falando da primeira edição, haviam 29 times da NBA, com 5 jogadores em cada um. Diferente do Basquete normal, no Street são 3 contra 3 ao invés de 5 contra 5. A franquia foi quase uma necessidade de se ter um jogo de Basquete com mais liberdades nos movimentos, pulos, tabelas e bloqueios, pois o NBA Jam havia sido deixado de produzir.
O jogo em si é um pouco complicado até se acostumar com a disponibilidade de movimentos e truques que podem ser realizados. Além das fintas e dribles o principal era usar o "gamebreaker" que é uma jogada onde você poderia tirar pontos do adversário e marcar mais caso não fosse bloqueado, pois se isso acontecesse você que perderia mais pontos. Um dos destaques do jogo, na primeira e segunda edição, foi Michael Jordan, que havia voltado depois da sua primeira aposentadoria do basquete, atuando no Washington Wizards.
Confira o gameplay da primeira edição:




Em NBA Street 2, haviam mais modos disponíveis, você poderia jogar em 4 modos diferentes, o Pick Up Game, NBA Challenge, Be a Legend e Street School. No Pick Up Game, você pode jogar em 3 quadras contra o computador ou amigos, seria um modo livre, ou amistoso no futebol. Já no NBA Challenge, o objetivo consistia em vencer determinadas equipes para ganhar pontos no jogo e também liberar jogadores e quadras lendárias. O modo Be a Legend se resume a você criar um jogador e atuar apenas com ele, tentando fazer sucesso nas equipes de basquete até se tornar um grande atleta. Fechando, o Street School é um modo de treinamento, ao qual você aprende com um professor jogador a realizar as jogadas, desde as mais simples até as complexas. Haviam 7 jogadores lendários, que tinham características mais apuradas e eram mais difíceis de se vencer.
Veja imagens de NBA Street 2:





Na terceira versão, de 2005, muito se manteve, mas tivemos uma reformulação do "gamebreaker", que agora poderia dar 5 pontos dependendo da elaboração da jogada e da cesta e podendo tirar 2 pontos do adversário ao mesmo tempo. Além do jogador poder ser customizado, a quadra poderia também ser feita de acordo com o seu gosto. Na versão produzida para GameCube, haviam além dos jogadores famosos da época personagens conhecidos da Nintendo, que fez um acordo com a EA para o console. Portanto, você poderia jogar também com Mario, Luigi e a Princesa Peach.
Veja abaixo Mario, Luigi e a Princesa Peach contra os profissionais da NBA:




A quarta versão do jogo, NBA Home Street Court, foi lançada para Xbox 360 e Playstation 3, tendo gráficos em 1080p. Contou com a excelente melhora gráfica devido a mudança de consoles, com movimentos mais parecidos aos reais durante um jogo de basquete. As tabelas e lances complexos ganharam maior destaque, com câmera lenta e replays. Assim como nas edições anteriores, a trilha sonora é um fator marcante, com várias músicas de rappers famosos ao melhor estilo do basquete de rua. 
Confira o gameplay:



Até mais!

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!



Mais uma vez estamos aqui com os principais vídeos que encontramos sobre o esporte esta semana. Iniciamos falando de Fórmula 1, que terá o Grande Prêmio do Brasil em novembro, mas já tem campanha e venda de ingressos. Para isso, um narrador bem conhecido da internet foi chamado na propaganda oficial da prova. Confira:




No Manchester United, além de treinarem e jogarem, os atletas também são desafiados. Um samurai, isso mesmo, um samurai, apareceu no centro de treinamento da equipe e mostrou sua habilidade diante de Rojo, Falcao Garcia e Mata. Veja abaixo no tweet:

Para divulgar o FIFA 15, a EA Sports resolveu chamar o seu maior garoto propaganda, Lionel Messi, que na propaganda mostrou o quanto o jogo está próximo da realidade das pessoas e dos jogos nos estádios:




Este vídeo é de 2013 e o menino envolvido não teve identidade descoberta. Em partida do Barca Temse, da Bélgica, nas categorias inferiores, o menino sem RG mostrou um talento impressionante e raro. Nos dois lances mostrados no vídeo, ele consegue dois dribles e um gol espetacular. Confira para acreditar no potencial do jovem jogador:



Para fechar, ficamos com cenas fortes, ou ao menos cenas ruins para você que recém almoçou ou algo assim. Ontem, Juvenal Juvêncio, ex-presidente do São Paulo, foi a um programa de TV para se explicar sobre a demissão da coordenação das categorias de base da equipe paulista. Mas, no meio da pergunta do apresentador eis que ele..... veja se puder:



Até mais!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Combo de Final de Semana




Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um........ Combo de Final de Semana!!!

Iniciamos os nossos trabalhos no octógono, mais precisamente no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília. No UFC Fight Night 51, a luta principal foi entre Antônio Pezão e Andrei Arlovski, que não resistiu aos fortes socos do bielorusso Arlovski e perdeu ainda no primeiro round, com 3 minutos. Esta luta e todas as outras do evento na capital federal você confere AQUI, no post do Arthur, que cobriu o nosso final de semana de lutas.



Agora vamos para o ringue, onde tivemos o atleta mais bem pago do mundo, Floyd Mayweather, enfrentando um de seus grandes adversários, Marcos Maidana. Como imaginado, a luta foi equilibrada e Mayweather venceu por poucos pontos, 116 a 111. Assim, o lutador recebeu 74 milhões  de dólares apenas para participar do evento e o valor poderá aumentar, pois ele mantém o histórico de 47 vitórias e nenhuma derrota. Maiores detalhes também em outro post do Arthur, clicando AQUI.



Das lutas para a Espanha, onde tivemos a grande decisão da Copa do Mundo de Basquete entre Estados Unidos e Sérvia. Se os sérvios tiveram talento e certa sorte para chegar até a decisão, vencer o Brasil e a França, contra o quase time B dos americanos isto não foi o suficiente. Os americanos jogam em outro nível, até pela presença da NBA, e mesmo diante do bom time sérvio a qualidade era muito maior do lado do Tio Sam. Kyrie Irving e James Harden fizeram respectivamente 26 e 23 pontos e levaram os Estados Unidos a uma expressiva vitória por 129 a 92. Apenas no primeiro quarto a Sérvia conseguiu ficar a frente no placar, porém depois que os americanos se ajeitaram em quadra a derrota foi inevitável. Este é o quinto título da seleção, igualando a antiga Iugoslávia. Os americanos se tornaram o segundo país na América, depois do Brasil, a conseguir dois títulos mundiais seguidos. Maiores detalhes, inclusive em vídeo, você confere AQUI.



Em Pequim, na China, tivemos a primeira prova da mais nova categoria do automobilismo mundial, a Fórmula E. Esta categoria é diferente das outras, pois os monopostos utilizam motores totalmente elétricos. Na prova, Nicolas Prost, o pole position, brigou até o fim contra Nick Heidfeld pela vitória. Porém, os dois acabaram colidindo e causando um forte acidente a poucas voltas do fim. Assim, quem ficou com a primeira vitória na história da categoria foi o brasileiro Lucas Di Grassi. Em segundo terminou Franck Montagny e terceiro Sam Bird. Esta é uma categoria que promete um bom futuro, não é piada ecológica, pois tem vários ex-F1 e pilotos consagrados em outras categorias, portanto se você tem TV a cabo vale a pena assistir. Confira clicando AQUI maiores detalhes da primeira prova.
Abaixo o vídeo do acidente entre Prost e Heidfeld:



Vamos agora com o Campeonato Brasileiro, vigésima primeira rodada de clássicos e jogos tensos tanto em cima quanto em baixo na tabela. No sábado, o Fluminense recebeu o super desfalcado Palmeiras no Maracanã. E se com a equipe titular as coisas não andam fáceis, com os quase reservas o time paulista perdeu por 3 a 0, dois gols de Fred (sim, ele fez 2) um de pênalti e outro deitado, enquanto o maestro Conca, mais uma vez muito bem, fez o terceiro. Também no sábado, a Chapecoense, brigando contra o Z-4, recebeu o embalado Sport. E os catarinenses jogaram efetivos na marcação, tanto que um defensor foi o destaque, Bruno Grolli, que fez dois dos 3 gols da equipe. O Sport diminuiu de pênalti com Felipe Azevedo e levou o terceiro de Tiago Luis. Na Vila Belmiro, o Santos recebeu o Coritiba tentando encostar no G-4, enquanto os paranaenses tentavam passar a rodada fora da zona de rebaixamento. O peixe dominou a partida e fez dois belos gols com Lucas Lima de fora da área e Robinho, por cobertura. Já o Coritiba diminuiu com Dudu, porém nada que ameaçasse os santistas. Final 2 a 1. 
No domingo, o Morumbi recebeu o vice-líder São Paulo contra o líder Cruzeiro. E em casa, com quase 60 mil presentes, o tricolor não deixou o time celeste se isolar novamente na liderança, vencendo com gol de Rogério Ceni de pênalti, além de boas defesas, e gol de Alan Kardec, o rei das sobras de bola. Final 2 a 0 e agora 4 pontos separam as duas equipes na briga pela liderança. Na turma do fundão, o Bahia recebeu o Figueirense em Feira de Santana. Parece que a mudança de estádio fez bem aos baianos, que conseguiram jogar muito melhores do que o adversário e venceram por 3 a 0, com dois gols de Kieza e um belo gol de Maxi Biancucchi. No Beira-Rio, o Internacional jogou contra o Botafogo. Tentando se recuperar, o Inter conseguiu voltar a vencer e agravou a crise botafoguense, já que os cariocas não vencem a 3 jogos. A vitória veio com os tentos de Alex, em belo chute de fora da área e Eduardo Sasha. No clássico das duas maiores torcidas do Brasil, muita polêmica e reclamações principalmente do Corinthians. No lance do gol flamenguista, houveram dois impedimentos seguidos, não vistos pelo bandeirinha e pelo árbitro. Wallace foi quem fez o gol. O Flamengo volta a vencer e se a fasta do rebaixamento, enquanto o Corinthians perdeu a oportunidade de encostar um pouco mais no líder. 
O jogo horrível da rodada foi entre Atlético Mineiro e Grêmio, zerados no placar. Em Dortmund, o Criciúma recebeu o Goiás. A equipe catarinense não vencia haviam 10 jogos, portanto passava da hora de conquistar os 3 pontos para quem sabe fugir da segundona. O Goiás esteve apático e viu o time da casa vencer com belo gol de Luis Felipe. Em Curitiba, o Atlético Paranaense recebeu o lanterna Vitória. De volta ao seu alçapão, o furacão viu também a volta do atacante Marcelo, que não marcava haviam dois meses. Além de Marcelo, Hernani, volante, fez o outro do time paranaense, que subiu para o décimo primeiro lugar e afundou mais o Vitória no último posto. 
Os gols da rodada você confere abaixo no Gols da Zueira:






Até mais!

domingo, 14 de setembro de 2014

Mayweather vs. Maidana II - O maior boxeador da atualidade.


Salve Salve Nerds!

Neste fim de semana o grande nome do boxe mundial lutou e o Nerd Esporte traz a análise dessa luta

Floyd Mayweather é o maior pugilista da atualidade e o mais interessante é que ele sempre utiliza o mesmo jogo: esquiva, movimentação incessante, defesa na guarda. Se alguém que consiga bater isso por favor se apresente e ganhe 10 milhões de dólares.
Floyd sem entrar no ringue já tinha garantido R$ 74 MILHÕES

Floyd Mayweather venceu Marcos Maidana por Decisão Unanime.

A luta que aconteceu neste último sábado foi uma revanche contra o argentino Marcos Maidana, o homem que deu mais trabalho para Mayweather nos últimos tempos.
A revanche teve um grande hype, pois Floyd poderia armar algo diferente de sempre e Maidana poderia investir seus treinos em condicionamento físico e pressionar o americano até os últimos rounds da luta.
O que aconteceu nos três primeiros rounds foi domínio da velocidade e movimentação de Mayweather, vencendo todos eles por 10-9.
No quarto round Maidana dominou e partiu para cima do adversário, mas no 5°, 6°, 7°,8° e 9° round Mayweather dominou as ações do ringue, deixando o adversário frustrado e nervoso. No oitavo round Maidana ainda mordeu a luva de Mayweather.
O 10° round foi favorável ao argentino, mas por se jogar em cima do adversário ele perdeu um ponto e o round ficou 9-9.
No 11° e 12° rounds Maidana tentou o tudo ou nada, distribuindo muitos socos, a maioria parava nas mãos de Mayweather, mas foram necessários para que os juízes dessem estes rounds para o argentino.
Na minha contagem Mayweather venceu por 116 a 111, mesmo placar anotado por dois juízes, o terceiro juíz marcou 115 a 112 também para Mayweather.
Agora o americano sustenta um inacreditável cartel de 47 vitórias e nenhuma derrota.
Assim o americano Floyd "Money" Mayweather continua sendo campeão, o atleta mais bem pago do mundo e em minha opinião o melhor boxeador do mundo no atual momento.
Na entrevista pós-luta Mayweather declarou que aceitaria uma possível luta contra o astro filipino Manny Pacquiao, o segundo melhor boxeador do mundo na minha opinião, e meu lutador favorito. Para os fãs da nobre arte colocar frente a frente os dois maiores nomes do boxe atual seria algo inacreditável e renderia talvez a maior venda de pacotes pay-per-view da história.
Querem mais reviews de boxe? Digam nos comentários.
Até mais!

UFC Fight Night 51- Pezão vs. Arlovski


Salve Salve Nerds !


O UFC parou esta semana em Brasília, com a luta entre os pesos-pesados sendo a principal da noite. Um evento bem morno realizado na capital federal teve lutas bem abaixo do nível de expectativa.


Fotos por: Getty Images e Rodrigo Malinveri
Peso-Pesado: Andrei Arlovski venceu Antônio Pezão por nocaute aos 2m59s do R1

Arlovski conseguiu implantar o único jogo que poderia resultar em vitória, com menos habilidade na luta de solo o bielorusso somente poderia utilizar sua movimentação mais solta do que a de Pezão e deu certo.
Se movimentando mais, aplicando mais golpes, circulando mais e contando com uma atuação apática Do adversário Arlovski pode evoluir alguns degraus na categoria. Para Pezão é começar do inicio e
pensar em adicionar mais arma ao seu jogo além de um grande soco que pode ou não sair.

Peso-leve: Gleison Tibau venceu Piotr Hallmann por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

O jogo de Tibau foi bem previsível, e o tempo todo na lua ele buscou o clinch e a queda, nos dois primeiros rounds ele teve sucesso, pressionando o oponente na grade e tentando botar a luta no chão.
No ultimo round Hallman tentou mudar o aspecto do jogo, invertendo a posição no clinch e evitando as quedas e parando por cima, mas já não havia tempo para mudar o resultado da luta.
Com uma luta bem morna o recordista em número de lutas pelo UFC Gleison Tibau vai continuar sendo um bom nome para rechear os cards no Brasil, mas sem nenhuma pretensão maior de ficar bem ranqueado na categoria.

Peso-leve: Léo Santos venceu Efrain Escudero por decisão unânime (triplo 29-28)

O plano de jogo de Léo Santos foi bem claro, manter a luta em pé enquanto fosse confortável e quando a situação não estivesse tão agradável assim o brasileiro levaria a luta para o chão. Isso funcionou no primeiro e no terceiro rounds, que tiveram amplo domínio do jogo de chão aplicado pelo brasileiro. No segundo round Escudero tentou mostrar reação, aplicando até um kcnockdown, mas pouco adiantou.
Para um possível futuro de Léo no UFC é preciso evolução na trocação, que ainda é bem fraca e cheia de furos, mas não é nada que a Academia Nova União não possa resolver.

Peso-Meio-Médio: Santiago Ponzinibbio venceu Wendell Negão por nocaute técnico a 1m20s do R1

Quase nem teve luta e o resultado foi surpreendente. Ponzinibbio era azarão se a luta ficasse em pé, mas em uma bobeada de Wendell com um upper totalmente descuidado tomou alguns diretos e caiu.
Boa vitória do argentino “gente boa”, depois de pegar uma pedreira na sua estreia Santiago teve a oportunidade de mostrar que é um bom lutador.

Outros resultados:
Iuri Marajó venceu Russell Doane por decisão unânime (triplo 29-28)
Jessica Andrade venceu Larissa Pacheco por finalização (guilhotina) aos 4m33s do R1
Resultados completos do card preliminar no UFC Brasília:
Godofredo Pepey venceu Dashon Johnson por finalização (chave de braço) aos 4m29s do R1
George Sullivan venceu Igor Araújo por nocaute aos 2m31s do R2
Francisco Massaranduba venceu Leandro Buscapé por decisão unânime (triplo 29-28)
Sean Spencer venceu Paulo Thiago por decisão unânime (triplo 30-27)
Rani Yahya venceu Johnny Bedford por finalização (kimura) aos 2m04s do R2
Até mais !

sábado, 13 de setembro de 2014

Gols da Semana



Salve Salve Nerds!



Enfim a TV Golo teve seu vídeo não deletado do youtube e assim podemos trazer de volta os gols mais bonitos da semana pelo mundo. No menu de hoje temos gol de craque, voleios espetaculares, gols brasileiros de duas divisões e muito mais. Confira abaixo, no replay:



Até mais!

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Brasileirão - Rodada 20



Salve Salve Nerds!



Sexta-feira e como esta semana não tivemos jogos pelas copas nacionais e internacionais vamos de Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira, o Palmeiras recebeu o Criciúma Dortmund no Pacaembu. Enquanto Paulo Baier esteve em campo, na primeira etapa, não saíram gols e os catarinenses se seguravam para continuar no zero. O jogo seguiu para o empate, porém Cristaldo foi oportunista e na área completou para o gol aos 36 minutos do segundo tempo. Final Palmeiras 1 a 0. Em um bom jogo, o Figueirense recebeu o Fluminense em Florianópolis. O time da casa começou tomando mais atitudes e aos 38 do primeiro tempo abriu o placar. Na segunda etapa, a equipe teve Leandro Silva expulso, o que originou uma pressão enorme sobre o time, que não resistiu e levou gol de Cícero. Bruno acabou expulso do lado tricolor e o placar se manteve 1 a 1. Na Arena, o Grêmio recebeu o Atlético Paranaense. Com atuações incríveis dos goleiros, que salvaram quase tudo, sobrou para Barcos, na bacia das almas, aos 46 minutos do segundo tempo, dominar no peito e chutar sem chances para Weverton. Final 1 a 0. Com atuação impecável de Patric, que marcou os 3 gols do Sport no jogo, o time pernambucano venceu o Santos por 3 a 1 e voltou a sonhar com o G-4. O tento santista foi anotado por Thiago Ribeiro. Quem também fez 3 gols foi o Coritiba, que venceu a Chapecoense e ganhou fôlego na briga contra a queda. Os gols do coxa foram marcados por Robinho, Joel e Martinuccio.
Em outro jogo com muitos gols, o Botafogo recebeu o São Paulo em Brasília. A partida começou incrível, com Alan Kardec marcando aos 7 minutos e o resultado parecendo nas mãos tricolores. Porém, aos 19 e 22 minutos Zeballos e André Bahia viraram o placar para o Botafogo. Souza, em noite inspirada, resolveu rápido para o São Paulo e marcou aos 36 e aos 40 minutos para virar novamente o jogo. O segundo tempo foi morno e com expulsão de Airton para o Botafogo, o que freou mais ainda os ânimos. No final, Alexandre Pato marcou o quarto gol do São Paulo e garantiu a vitória, final 4 a 2. No Barradão, o Vitória recebeu o Internacional para sair da maré negativa de resultados. Na última posição, o time baiano jogou com vontade e venceu a boa equipe gaúcha por 2 a 0, gols de Richarlyson e Marcinho. Na Arena Pantanal, o Goiás recebeu o Flamengo, que tinha ampla torcida no estádio. Depois de 5 vitórias seguidas, o mengão perdeu sua segunda partida seguida diante do Goiás em belo gol de Samuel, após jogada de Erik aos 25 do segundo tempo. Na Arena Corinthians, o time da casa recebeu o Atlético Mineiro. A partida não foi boa tecnicamente e o Corinthians utilizou-se do estilo retranqueiro de Mano Menezes após marcar o gol com Petros aos 13 minutos do primeiro tempo. No jogo entre o líder e o desesperado, o Cruzeiro recebeu o Bahia no Mineirão. Jogando fechado e marcando bem, os baianos evitaram uma pressão inicial cruzeirense e conseguiram fazer o seu jogo render mais, mesmo diante do líder e com tantas qualidades do meio para a frente principalmente. Assim, Rafael Miranda aproveitou desatenção da defesa e após receber passe completou para o gol, 1 a 0 Bahia. No segundo tempo, logo no começo, pênalti polêmico a favor do time celeste e com expulsão de Titi por reclamação. Everton Ribeiro cobrou e converteu a penalidade. Com um a mais os espaços apareceram e o meio trabalhou melhor. O gol da virada veio com Ricardo Goulart. Com o resultado, o Cruzeiro evita uma pressão maior ainda para o jogo do final de semana contra o São Paulo, atual segundo colocado e 7 pontos atrás.
Abaixo, os gols da rodada:


Agora assim, os gols da rodada:



Até mais!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Mundial de Basquete - Brasil x Sérvia



Salve Salve Nerds!



Segunda partida brasileira no mata-mata da Copa do Mundo de Basquete, ou Mundial de Basquete. Desta vez, o Brasil encarou a Sérvia, seleção que já havia enfrentado na fase de grupos. No primeiro quarto o jogo foi equilibrado, porém com leve vantagem da Sérvia, que tinha Teodosic inspirado e marcando 8 pontos em 5 minutos de jogo. No lado brasileiro, Marquinhos e Anderson Varejão foram os maiores pontuadores, com 7 e 8 pontos. A diferença era de 4 pontos apenas, 21 a 17, porém a defesa brasileira dava espaços principalmente pelas laterais. No começo do segundo quarto Alex acertou duas bolas de 3 pontos e o time parecia acertado, estava na frente no placar e por alguns minutos se manteve assim. Porém, Teodosic e Bjelica infernizaram a defesa brasileira novamente, marcando de todos os jeitos possíveis e colocando a Sérvia novamente a frente no marcador. Fechando a primeira etapa, 37 a 32 para os sérvios, com 16 pontos de Bjelica. Outro fator negativo para o Brasil eram as faltas, fazendo a seleção alcançar as 5 bem mais rápido que em outros jogos devido ao nervosismo. No terceiro quarto, o mal que acometeu a seleção em vários jogos neste mundial, um apagão geral e erros bobos em lances teoricamente fáceis. O ápice do nervosismo ocorreu em falta de Varejão, que originou outras faltas por reclamação de Marquinhos e Thiago Splitter. Assim, a Sérvia teve incríveis 6 lances livres para Teodosic cobrar e converter todos. Com os lances livres acertados, a diferença disparou para 16 pontos. A equipe brasileira se desestabilizou totalmente em quadra, errando passes, jogadas, arremessos, tentando a todo modo acertar as cestas de 3 pontos, porém errando tudo. Do outro lado, Teodosic e o restante da Sérvia jogava com frieza e aproveitou para fechar o quarto com impressionantes 22 pontos de vantagem, 66 a 44.
O último quarto seguiu no mesmo massacre, com as bolas sérvias caindo, mesmo em arremessos de longe que seriam muito arriscados para tentar em um jogo normal. A nossa seleção já estava nocauteada, não havia muito o que fazer. Final 84 a 56 e o sonho brasileiro de lutar por uma medalha no mundial se encerra precocemente. Logicamente, vale lembrar que esta seleção precisou praticamente pagar a FIBA para jogar a competição, pois não se classificou de maneira direta, então já foi uma campanha surpreendente, até se comparada as últimas participações em mundiais. Outra seleção favoritíssima e que ficou de fora ontem também foi a Espanha, que mesmo jogando em casa perdeu para a França por 65 a 52. Agora as semi finais serão Estados Unidos x Lituânia e França x Sérvia.
Confira abaixo os melhores momentos do jogo do Brasil contra a Sérvia:




Até mais!

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!




Mais uma semana com os melhores vídeos que encontramos relacionados ao esporte. Confira no replay:

Você que joga Fifa ou PES normalmente presta atenção nos atributos e números dos jogadores, como força do chute, velocidade, técnica entre tantos outros itens. Agora veja a reação de alguns atletas que viram seus números piorarem no Fifa 2015 e não ficaram satisfeitos:




Você já se emocionou com várias coisas em sua vida, até ficou um pouco mal de tão emocionado em alguma ocasião. Mas, talvez não tenha desmaiado. Pois na premiação dos melhores da Holanda, Alfred Finnbogason não resistiu e acabou apagando:




No Brasil e em muitos lugares o sonho de muita gente, ao menos por um tempo, foi ser jogador de futebol, inclusive nosso estagiário já quis estar nas quatro linhas. Na Espanha, o Villarreal resolveu realizar o sonho de um menino com câncer, levando ele para o estádio, escalando-o para o amistoso e o deixando marcar o primeiro gol, simbolicamente, da partida. Veja essa bonita história:




Homofobia é um assunto seríssimo, tanto que no esporte pouquíssimos atletas acabam admitindo que são homossexuais devido ao preconceito e aversão que torcedores e outros atletas acabam tendo. Para mostrar sua preocupação com o assunto, o Arsenal resolveu tratar da homofobia de maneira bem humorada com seus jogadores. Veja abaixo:




O Ice Bucket Challenge é atualmente uma mania, inclusive falamos da sua origem AQUI. Mas, mais de 20 anos atrás, Ayrton Senna já havia participado do desafio, de maneira forçada mas participou. Veja o Ice Bucket Challenge antes de ser uma febre:




Ano passado, o goleiro bósnio Asmir Begovic havia feito um gol chutando a bola da sua área de jogo em partida entre o Stoke City, seu time, e o Southampton. Nada tão diferente, pois já vimos vários gols de goleiros cobrando o tiro de meta. A diferença de Begovic para os outros é que ele bateu o recorde mundial do gol feito na maior distância em relação ao gol adversário, 91.9 metros. Confira abaixo o gol recordista no Guinness:





No amistoso entre Malta e Eslováquia, todos entraram em campo e estavam a postos para cantar seus respectivos hinos nacionais. Na hora do hino de Malta, um "pequeno" erro musical ocorreu. Confira:




Até mais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...